Escolha as suas informações

Zelensky e a mulher conseguiram ver-se graças a uma entrevista na televisão
Mundo 22.05.2022
Guerra Ucrânia

Zelensky e a mulher conseguiram ver-se graças a uma entrevista na televisão

Guerra Ucrânia

Zelensky e a mulher conseguiram ver-se graças a uma entrevista na televisão

Mundo 22.05.2022
Guerra Ucrânia

Zelensky e a mulher conseguiram ver-se graças a uma entrevista na televisão

Redação
Redação
“Um encontro na televisão”, brincou ontem o presidente ucraniano numa rara entrevista conjunta com Olenka Zelesnka. O casal esteve sem se encontrar durante dois meses e meio, durante a guerra.

“Ninguém afasta o meu marido de mim, nem mesmo a guerra”, declarou sábado à noite Olena Zelenska a primeira-dama da Ucrânia, numa rara entrevista e em ao lado do marido, o presidente Volodymyr Zelensky para uma televisão ucraniana. Uma entrevista transmitida no dia em que o primeiro-ministro António Costa visitou Kiev e se encontrou com o presidente ucraniano.

 Esta é a segunda vez que o casal surge em público desde o início da invasão russa ao seu país, como refere a BBC que transmitiu excertos da entrevista.

 “A nossa família teve de se separar como tantas outras famílias ucranianas”, declarou Olena Zelenska, contando que quando a guerra eclodiu esteve “dois meses e meio” sem ver o marido. “Só falávamos ao telemóvel”. Agora já se vão conseguindo encontrar, mas de quando em quando. “Ele vive para o seu trabalho e quase não conseguimos vê-lo”, frisou.

 Sorrindo, a primeira-dama “agradeceu” a entrevista pois assim “pode estar” com o marido. Ao lado, o presidente sorriu e acrescentou: “Um encontro na televisão”.


António Costa e Volodymyr Zelensky na conferência de imprensa deste sábado, em Kiev.
Portugal disponível para reconstruir escolas na Ucrânia
O primeiro-ministro António Costa que está de visita a Kiev ofereceu também a Zelensky apoio técnico na adesão da Ucrânia à UE.

Olena Zelenska recordou o dia 24 de fevereiro, o início da invasão, quando foi acordada por “sons estranhos vindos do exterior” que “toda a gente deve ter ouvido”. Acordou e viu que o marido não estava a seu lado. Levantou-se e Zelensky já estava “vestido com um fato, mas sem gravata”. 

“O que se passa?” perguntou a esposa. “Começou”, disse-lhe Zelensky referindo-se à guerra e saiu de casa. “Não nos vimos durante muito tempo”. Ansiosa e incrédula foi assim que Olena Zelenska diz ter sentido nessa noite numa mistura de sentimento que não consegue bem descrever.

"Agora vivo para o dia em que o meu marido diga 'acabou'", declarou a primeira-dama.

 O casal, ambos com 44 anos casou em 2003 e tem dois filhos, Oleksandra, 17 anos, e Kyrylo, 9 anos. A mulher e os filhos têm estado escondidos em local seguro durante esta guerra. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas