Escolha as suas informações

Vitória na Virgínia e no Kentucky anima democratas
Mundo 07.11.2019

Vitória na Virgínia e no Kentucky anima democratas

Vitória na Virgínia e no Kentucky anima democratas

Foto: AFP
Mundo 07.11.2019

Vitória na Virgínia e no Kentucky anima democratas

A um ano das eleições presidenciais, Donald Trump vê republicanos serem derrotados em duas eleições estaduais.

A um ano das eleições presidenciais norte-americanas, o Partido Democrata conseguiu nesta terça-feira uma importante vitória política ao conquistar pela primeira vez em mais de duas décadas o controlo das duas câmaras legislativas do Estado da Virgínia e ter reivindicado a vitória pela margem mínima o governo do Kentucky, o que significaria a saída do republicano Matt Bevin. São resultados que animam as fileiras democratas e que antecipam uma alteração política na Virgínia, que já foi um feudo conservador, e os problemas de Trump para ganhar nas áreas suburbanas.

O controlo republicano da Virgínia era já limitado, com 20 representantes contra 19 no Senado e 51 contra 48 na Câmara dos Delegados. O voto nos municípios suburbanos foi determinante como aconteceu nas eleições legislativas do ano passado e a Virgínia consolida assim uma transfiguração eleitoral que começou há vários anos com a imigração e a chegada de novas indústrias mais tecnológicas.

Ciclista que insultou Trump eleita

Foto: AFP

Dois anos depois de ter sido fotografada a mostrar o dedo do meio num insulto à comitiva presidencial que a ultrapassou quando andava de bicicleta, que acabou por se tornar viral mas lhe custou o emprego, Juli Briskman foi eleita pelo distrito de Algonkian para o órgão legislativo do condado de Loudoun, na Virgínia.

A imagem, tirada em novembro de 2017 quando o presidente norte-americano regressava à Casa Branca depois de ter ido jogar golfe em Sterling, na Virgínia, tornou-se central na sua campanha eleitoral. Briskman, de 52 anos, derrotou um republicano.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.