Escolha as suas informações

Verão sem restrições? Os contágios vão ser "elevados" na Europa
Mundo 01.07.2022
Covid-19.

Verão sem restrições? Os contágios vão ser "elevados" na Europa

A OMS prevê uma forte vaga de contágios da pandemia nos meses quentes.
Covid-19.

Verão sem restrições? Os contágios vão ser "elevados" na Europa

A OMS prevê uma forte vaga de contágios da pandemia nos meses quentes.
Foto: AFP
Mundo 01.07.2022
Covid-19.

Verão sem restrições? Os contágios vão ser "elevados" na Europa

AFP
AFP
A OMS prevê uma forte vaga de contágios da pandemia nos meses quentes. Abolição de medidas de prevenção e aumento de casos são fórmula perigosa.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) espera a circulação de "níveis elevados" de Covid-19 este verão na Europa e apelou a um acompanhamento atento do vírus após uma triplicação dos casos diários no mês passado.

"Como os países de toda a Europa levantaram as medidas sociais que estavam em vigor, o vírus irá circular a níveis elevados durante o Verão", disse o diretor da Organização das Nações Unidas para a Europa, Hans Kluge.

"O vírus não desaparecerá só porque os países deixam de o monitorizar. Continua a infetar, continua a mudar e continua a matar", declarou este responsável à AFP.


Vai de férias? Saiba tudo o que mudou com a covid em Portugal
Vai de férias? Não é negacionista, mas tem mais em que pensar do que o raio da pandemia? Aqui fica alguma informação que parece desnecessária, mas não é. Não é um guia. Mas podia.

Manter máscara

A OMS pede aos europeus que continuem a isolar-se em caso de sintomas respiratórios, usem máscaras em locais com muita gente e verifiquem se os reforços vacinais estão em dia.

"Temos de continuar a vigiar o vírus porque se não o fizermos, ficamos cada vez mais cegos aos modos de transmissão e à evolução da pandemia", salientou o diretor da OMS Europa apelando ainda aos países da UE para aumentar os níveis de vacinação.

"A alta imunidade da população e as escolhas na redução do risco para os idosos serão fundamentais para evitar uma maior mortalidade este verão", disse ele.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas