Escolha as suas informações

Vídeo. Mata-se a provar que "a Terra é plana"
Mundo 23.02.2020

Vídeo. Mata-se a provar que "a Terra é plana"

Vídeo. Mata-se a provar que "a Terra é plana"

Mundo 23.02.2020

Vídeo. Mata-se a provar que "a Terra é plana"

O norte-americano que desafiava Pitágoras morreu a bordo do foguetão caseiro.

Mike Hughes não resistiu à queda do foguetão a vapor onde seguia para provar que a Terra não é redonda. O acidente aconteceu este sábado e as imagens, embora violentas, estão a ser vistas e partilhadas por milhões de pessoas desde que foram lançadas nas redes sociais. Mike teve morte imediata. 

O aparelho caseiro caiu minutos depois da descolagem. O norte-americano queria voar a uma altitude de 1.525 metros para se aproximar da chamada Linha Karman que faz fronteira entre o planeta e o espaço. 

O Canal Ciência, que filmou a tentativa, prestou homenagem ao antigo motorista de 64 anos. "Era o seu sonho fazer este lançamento e o Science Channel estava lá para contar a história da sua viagem", o explicou o canal. 

As imagens do acidente mostram que os pára-quedas foram acionados demasiado cedo. Ainda em março de 2018, "Mad Mike", como era conhecido, tinha chegado a 570 metros no céu do deserto de Mojave, tendo ficado com ferimentos ligeiros quando aterrou. 

Financiado pela Flat Earth Research, uma organização que afirma que a Terra é plana, o norte-americano já tinha quase perdido a pele na explosão de outro foguetão, em 2014.