Escolha as suas informações

Vídeo. China ridiculariza declarações de Trump sobre coronavírus
Mundo 1 04.05.2020 Do nosso arquivo online

Vídeo. China ridiculariza declarações de Trump sobre coronavírus

Vídeo. China ridiculariza declarações de Trump sobre coronavírus

Mundo 1 04.05.2020 Do nosso arquivo online

Vídeo. China ridiculariza declarações de Trump sobre coronavírus

No meio das tensões entre a China e os Estados Unidos, a agência de notícias asiática Xinhua lançou achas para a fogueira com um vídeo no Youtube que já se tornou viral.

A China publicou uma breve animação intitulada “era uma vez um vírus” fazendo chacota da resposta dos Estados Unidos à pandemia e para isso usou figuras parecidas às do Lego para representar os dois países: um guerreiro Xian e a Estátua da Liberdade.

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

O vídeo que foi carregado a 29 de abril no canal Youtube da agência de notícias Xinhua foi visto milhões de vezes e partilhado também por diplomatas chinesas. Os dois países, cuja relação se tem vindo a deteriorar durante o mandato de Donald Trump, têm estado envolvidos numa guerra de recriminações sobre a origem e gestão da pandemia. O presidente dos Estados Unidos acredita que o novo coronavírus teve origem num laboratório em Wuhan, o local onde começou a pandemia que já infetou mais de três milhões de pessoas em todo o mundo. 

Trump acusa igualmente a China de ter retido informações nas primeiras semanas, impedindo assim o resto do mundo de responder adequadamente à pandemia e sugeriu o pagamento de indemnizações por parte do país asiático. De acordo com o El País, na semana passada, o presidente republicano chegou ao ponto de insistir que a forma como a China lidou com a pandemia era a prova de que a China era capaz de fazer "tudo o que estivesse ao seu alcance" para o fazer perder a reeleição em novembro.

Os diplomatas chineses, por outro lado, sugeriram que o vírus poderia ter entrado no seu país através de soldados norte-americanos que participaram nos 7.º Jogos Mundiais Militares realizados naquela cidade em outubro passado. Pequim também negou categoricamente ter qualquer interesse em interferir nas eleições americanas. 

No vídeo animado de menos de dois minutos transmitido pela Xinhua, os comentários de Donald Trump são ridicularizados. "Descobrimos um novo vírus", anuncia o guerreiro de terracota. "E depois?", responde a Estátua da Liberdade que acrescenta: "É apenas uma gripe".

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A China acusou hoje o presidente norte-americano, Donald Trump, de atacar a Organização Mundial de Saúde (OMS) para desviar atenções da sua gestão da pandemia de covid-19 e fugir às suas obrigações para com a organização.