Escolha as suas informações

"União total". Céu da Europa está a fechar-se à aviação russa
Mundo 27.02.2022 Do nosso arquivo online
Guerra

"União total". Céu da Europa está a fechar-se à aviação russa

Guerra

"União total". Céu da Europa está a fechar-se à aviação russa

Patrick Pleul/dpa-Zentralbild/dp
Mundo 27.02.2022 Do nosso arquivo online
Guerra

"União total". Céu da Europa está a fechar-se à aviação russa

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
Além do Luxemburgo, mais de 20 países como Alemanha, França, Bélgica bloquearam os seus espaços aéreos aos aviões da Rússia. Em retaliação à invasão da Ucrânia.

Na Europa, "a união é total", contra a Rússia que está a invadir a Ucrânia, declara o ministro dos transportes franceses, Jean-Baptiste Djebbari. 

É com esta frase que o ministro francês termina o anúncio que a França vai bloquear o seu espaço aéreo aos aviões russos, a partir da meia-noite deste domingo. Uma medida que não é mais do uma retaliação contra a invasão russa.

Ao todo, e até este domingo são mais de 20 os países europeus que proíbem a Rússia de sobrevoar os seus espaços aéreos. Até agora, são 23.

Já este domingo de manhã, o Luxemburgo anunciou que também vai encerrar o seu espaço aéreo à avião russa, sejam aeronaves comerciais, militares ou outras. E, cada vez são mais os países europeus a decidirem o mesmo. Bélgica, Itália, Irlanda e Dinamarca são outros países que já fizeram o mesmo anúncio.

"Na Europa, o céu está aberto (...) a quem comunica com os povos, não àqueles que cometem agressões brutais", escreveu no Twitter o primeiro-ministro belga Alexander De Croo ao anunciar que a Bélgica "decidiu encerrar o seu espaço aéreo" à avião russa.


Na Alemanha, a mesma interdição "entra em vigor este domingo às 15 horas e será válida por três meses", informou o ministro dos transportes da Alemanha.

  Também a Itália avançou hoje com a mesma medida.  

Mais 16 países


Luxemburgo proíbe aviões russos de sobrevoar o país
A informação foi dada pelo Ministro François Bausch e deve entrar em vigor este domingo. Na Ucrânia ainda que há 15 residentes do Grão-Ducado retidos.

O Reino Unido foi dos primeiros a proibir que aviões russos aterrassem no seu território. Agora encerrou o espaço aéreo à Rússia, tal como os Países Baixos, Finlândia,  Holanda, Noruega, Finlândia, Islândia, Suécia, os países Bálticos - Estónia, Letónia e Lituânia - Roménia, Eslovénia, Polónia, República Checa e Bulgária.    

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O ministro dos Negócios Estrangeiros considerou que a intercepção de aviões russos em espaço aéreo sob jurisdição portuguesa "não é um fenómeno muito simpático" e fez votos que a diplomacia permita resolver com urgência a crise entre Moscovo, a UE e a NATO, devido à Ucrânia.
Rui Machete, ministro dos Negócios Estrangeiros português