Escolha as suas informações

Uma explosão no centro de Lyon faz 13 feridos ligeiros
Mundo 24.05.2019

Uma explosão no centro de Lyon faz 13 feridos ligeiros

Uma explosão no centro de Lyon faz 13 feridos ligeiros

Fotos: AFP
Mundo 24.05.2019

Uma explosão no centro de Lyon faz 13 feridos ligeiros

Tudo indica que a detonaçãofoi provocada por um engenho artesanal colocado por um suspeito que fugiu depois. A polícia francesa procura-o ativamente.

"Desculpe-me, mas o quê que se passou?", comentava uma pessoa no centro da terceira cidade de França sem perceber o que tinha acontecido, minutos depois da explosão.  Rapidamente, as autoridades começam a pôr em cima da mesa a hipótese de se tratar um atentado.  "Ouvi uma explosão bastante forte. Pensei que podia ser o gás", conta uma comerciante que  trabalha na rua Victor Hugo, onde se deu o rebentamento.  "Estava a trabalhar e a servir as pessoas, e de repente ouvi um grande estrondo. Fui ver e estavam seis pessoas cobertas de sangue. Tentei ajudar mas não havia muito a fazer. Chamei a polícia e os bombeiros", diz nervoso, o pasteleiro Omar Ghezza.

13 pessoas, entre as quais uma criança de oito anos, ficaram feridas numa explosão provocada por um artefacto explosivo aparentemente improvisado, numa rua do centro de Lyon. Segundo as primeiras informações recolhidas pela comunicação local, não há, por enquanto, feridos graves a registar. 

A explosão foi por volta das 17.30, frente a uma pastelaria. Numa entrevista televisiva sobre as eleições europeias do próximo domingo, o Presidente francês, Emmanuel Macron, falou de "um ataque". A seção anti-terrorista do Ministério Público francês assumiu a investigação. 

Um homem com óculos de sol  e capuz chegou de bicicleta ao lugar da detonação minutos antes de ela ocorrer e terá, segundo testemunhos, deixado uma mala no local. A bomba artesanal continha pregos, parafusos e outros objetos metálicos para aumentar o seu alcance e causar mais vítimas.

O homem está em fuga. Não se sabe, por enquanto, a sua identidade e motivos. 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.