Escolha as suas informações

Trump: Presidente dos EUA diz que é “fã da NATO” mas que muitos países não pagam a sua parte
Mundo 19.02.2017

Trump: Presidente dos EUA diz que é “fã da NATO” mas que muitos países não pagam a sua parte

Trump: Presidente dos EUA diz que é “fã da NATO” mas que muitos países não pagam a sua parte

Foto: AFP
Mundo 19.02.2017

Trump: Presidente dos EUA diz que é “fã da NATO” mas que muitos países não pagam a sua parte

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que é “fã da NATO”, mas criticou que muitos países da aliança não pagam a sua parte apesar de serem “muito ricos”.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que é “fã da NATO”, mas criticou que muitos países da aliança não pagam a sua parte apesar de serem “muito ricos”.

"Sou fã da NATO, mas muitos dos países da NATO, muitos dos países que protegemos são ricos e não estão a pagar as suas contas, têm que nos ajudar”, disse Trump no sábado num comício no hangar do aeroporto internacional de Orlando-Melbourne (Florida).

O Presidente norte-americano fez este comentário num discurso com um tom muito semelhante aos que fez durante a campanha eleitoral.

As críticas à Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) eram uma mensagem habitual nos seus discursos de campanha, tendo chegado a afirmar que a aliança está “obsoleta”.

Com este precedente, o seu vice-presidente, Mike Pence, teve de reafirmar no sábado, horas antes do comício de Trump, a Conferência de Segurança de Munique (Alemanha), que os Estados Unidos continuam a apoiar a NATO-

“Hoje [sábado], em nome do Presidente Trump, trago-vos esta certeza: os Estados Unidos apoiam decididamente a NATO e o seu compromisso para com esta aliança é inquebrável", disse Pence, que destacou que os destinos dos países a ambos lados do Atlântico norte estão "interligados" e unidos pelos "ideais nobres" da "liberdade, democracia, justiça e Estado de direito".

“Fiquem seguros, os Estado Unidos são hoje e serão sempre o vosso maior aliado”, disse.

No entanto, reiterou a mensagem que Washington está a enviar há semanas aos seus parceiros na Europa: “Chegou o momento de fazer mais” na distribuição dos encargos na NATO e os europeus devem respeitar os compromissos de partilhar os custos da Aliança, que "não cumpridos por muitos e há demasiado tempo".

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Trump faz de cobranças difíceis na Cimeira da NATO
O presidente dos EUA continua os seus ataques no Twitter aos seus aliados europeus, a quem acusa de roubar os contribuintes norte-americanos, enquanto faz elogios a Vladimir Putin com quem tem encontro a 16 de julho.