Escolha as suas informações

Trump anuncia acordo para suspender o 'shutdown' até 15 de fevereiro
Mundo 25.01.2019

Trump anuncia acordo para suspender o 'shutdown' até 15 de fevereiro

Trump anuncia acordo para suspender o 'shutdown' até 15 de fevereiro

Foto: AFP
Mundo 25.01.2019

Trump anuncia acordo para suspender o 'shutdown' até 15 de fevereiro

Paralisação parcial do Governo vai ser suspensa, mas a solução não é definitiva. E o Presidente norte-americano ameaçou voltar à paragem caso não consiga o financiamento para a construção do muro na fronteira com o México.

"É com muito orgulho que anuncio que chegámos a um acordo para acabar com o 'shutdown' e reabrir o Governo federal", revelou hoje Donald Trump, algo que significa que, até 15 de fevereiro, será suspensa a paralisação parcial do Governo norte-americano.  "Vou assinar um decreto para abrir o Governo durante três semanas, até ao dia 15 de fevereiro, e vou certificar-me de que todos os funcionários recebem, muito rapidamente ou assim que possível, o que lhes é devido", disse.

Mesmo assim, deixou no ar a ameaça de que a paralisação do Governo poderá regressar caso não consiga o financiamento para a construção do muro. "Não temos outra escolha que não seja construir um muro forte ou uma barreira de aço. Se não chegarmos a acordo com o Congresso, ou o Governo volta a fechar a 15 de fevereiro ou vou utilizar os poderes que me são conferidos para responder a esta emergência", sustentou.  

"Como todos sabem, tinha ao meu dispor uma alternativa muito poderosa, mas não quis utilizá-la neste momento. Espero que nunca seja necessária", disse. "Quero agradecer a todos os funcionários federais e às suas incríveis famílias que mostraram uma dedicação extraordinária face a estas recentes dificuldades. São pessoas fantásticas, patriotas incríveis e muitos de vocês sofreram bem mais do que sabem ou entendem. E não só não se queixaram como, em muitos casos, encorajaram-me a continuar porque se dedicam tanto a este país e se importam com a sua segurança fronteiriça. Agradeço-vos uma vez mais", destacou o Presidente dos Estados Unidos. Durante 35 dias, a paralisação parcial do Governo federal por causa da exigência de Trump para o financiamento da construção do muro na fronteira com o México, sempre com a oposição dos Democratas, levou a que a maior parte dos 800 mil funcionários governamentais ficassem sem vencimentos.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Shutdown está a afundar a economia dos EUA
Os assessores económicos da administração do Presidente Donald Trump admitiram hoje que a paralisação parcial do governo federal dos Estados Unidos está a ter um impacto financeiro maior do que o inicialmente estimado.
EUA. Um país parado por causa de um muro
Donald Trump ameaça declarar estado de emergência se o Congresso não lhe der cinco mil milhões de euros para começar a construir um muro na fronteira do México. Para já, para fazer face à falta dos cozinheiros, o locatário da Casa Branca encomendou 1000 hambúrgueres.