Escolha as suas informações

Trier. Condutor arrisca prisão preventiva ou manicómio
Mundo 02.12.2020

Trier. Condutor arrisca prisão preventiva ou manicómio

Trier. Condutor arrisca prisão preventiva ou manicómio

Oliver Dietze/dpa
Mundo 02.12.2020

Trier. Condutor arrisca prisão preventiva ou manicómio

O alemão de 51 anos está desde manhã a prestar depoimento às autoridades.

Arrancou logo pelas primeiras horas da manhã o interrogatório ao homem que lançou o todo o terreno contra a multidão que circulava no centro de Trier, a 50 quilómetros do Luxemburgo. "Ele está a falar connosco", disse um porta-voz da polícia na quarta-feira de manhã. 

Em qualquer interrogatório judicial, os suspeitos podem manter-se em silêncio mas ao que tudo indica o alemão estará a colaborar com as autoridades. Arrisca ficar em prisão preventiva ou ser enviado para uma clínica psiquiátrica em regime fechado. 

Segundo o Ministério Público, há indícios de uma possível doença mental do homem que acusou álcool no sangue quando foi imobilizado, depois de protagonizar um dos dias mais sangrentos da cidade mais antiga da Alemanha. 

De acordo com as conclusões iniciais da investigação, ficam descartadas eventuais motivações políticas ou religiosas. O alemão nascido em Trier em 1969, mostra sinais de distúrbios psiquiátricos. Tinha deixado o seu apartamento há vários dias, dormindo no carro que lhe teria sido emprestado por um amigo. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.