Escolha as suas informações

Tiroteio em escola russa. Há 15 mortos, incluindo onze crianças
Mundo 26.09.2022
Izhevsk

Tiroteio em escola russa. Há 15 mortos, incluindo onze crianças

De acordo com o Ministério da Saúde russo, "14 equipas de ambulância" também estão no local e "um grupo de médicos" deve ir a Izhevsk em breve "para ajudar as vítimas".
Izhevsk

Tiroteio em escola russa. Há 15 mortos, incluindo onze crianças

De acordo com o Ministério da Saúde russo, "14 equipas de ambulância" também estão no local e "um grupo de médicos" deve ir a Izhevsk em breve "para ajudar as vítimas".
Foto: AFP
Mundo 26.09.2022
Izhevsk

Tiroteio em escola russa. Há 15 mortos, incluindo onze crianças

Lusa
Lusa
Suspeito vestia uma "camisola preta com o símbolo nazi e uma balaclava". Atirador suicidou-se após o ataque.

Um tiroteio numa escola em Izhevsk, no centro da Rússia, fez 13 mortos, incluindo sete crianças, disseram as autoridades russas. Este ainda é um balanço preliminar.

De acordo com dados preliminares, 15 pessoas, incluindo onze crianças, foram vítimas do crime.

"Outras crianças e adultos ficaram feridos", declarou o Comité de Investigação da Rússia, num comunicado.

Num balanço anterior, o Comité de Investigação da Rússia tinha comunicado nove mortos, incluindo cinco crianças.

O suspeito do tiroteio vestia uma "camisola preta com o símbolo nazi e uma balaclava", acrescentou a mesma fonte, referindo que "a sua identidade está ainda a ser estabelecida".

O Comité já confirmou que o atirador se suicidou após o ataque. Também divulgou um vídeo a mostrar o corpo de um indivíduo deitado no chão, sangue ao redor do crânio e vestindo uma camisola preta com uma suástica vermelha.

"A polícia encontrou o corpo do homem que abriu fogo. Segundo as nossas informações, cometeu suicídio", acrescentou a mesma fonte.

Escola 88 de Izhevsk tem cerca de mil alunos  

O governador da região, Alexander Bretchalov, visivelmente emocionado, indicou que "há vítimas mortais entre as crianças e feridos", num vídeo publicado na rede social Telegram.

De acordo com o Ministério da Saúde russo, "14 equipas de ambulância" também estão no local e "um grupo de médicos" deve ir a Izhevsk em breve "para ajudar as vítimas".

Uma investigação por assassínio e porte ilegal de arma foi rapidamente aberta e transferida para o Comité de Investigação da Rússia, o principal órgão de investigação do país.

A escola 88 de Izhevsk, localizada a poucos metros da administração da cidade, tem cerca de mil alunos, segundo os meios de comunicação russos.

Izhevsk, uma cidade de quase 650.000 habitantes, é a capital da República da Udmúrtia, no centro do país, a oeste dos Montes Urais, que marcam a separação entre a Rússia europeia e a Rússia asiática.

*Notícia atualizada às 21h34 com o número de mortes e feridos.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas