Escolha as suas informações

Breves Mundo 12.02.2019

Surto de sarampo mata 70 pessoas nas Filipinas

As autoridades filipinas informaram hoje que o surto de sarampo nas Filipinas piorou na última semana, registando-se já 4.300 casos este ano e pelo menos 70 mortos, a maioria crianças com menos de quatro anos.

Cinco regiões do país estão em alerta, embora o maior número de casos esteja concentrado em Manila e nas províncias vizinhas, onde as autoridades lançaram um intenso programa de imunização entre as crianças para prevenir a disseminação da doença.

O Hospital San Lazaro, em Manila, onde mais de dois mil casos foram tratados, entrou em colapso devido ao afluxo de pacientes, razão pela qual a Cruz Vermelha filipina instalou uma unidade móvel com cem camas adicionais para lidar com todos os casos.

De todas as mortes que ocorreram no país devido ao sarampo, uma doença infecciosa muito contagiosa, 55 aconteceram neste hospital.

O surto da doença é uma consequência da falta de imunização infantil nos últimos anos, uma vez que cerca de 2,5 milhões de crianças filipinas com menos de 5 anos de idade não foram vacinadas.

Muitos pais filipinos recusaram-se a vacinar os seus filhos por causa do escândalo Dengvaxia, uma vacina contra a dengue que foi usada no país entre 2014 e 2017, até que seu fabricante, o farmacêutica francesa Sanofi Pasteur, admitiu que tinha efeitos adversos e que as pessoas vacinadas que contraíram dengue pela primeira vez sofreriam efeitos muito mais sérios.

As autoridades estão a investigar a causa das mortes de 14 crianças que foram vacinadas, o que suscitou desconfiança em relação a todo o tipo de vacinas no país e fez com que muitas famílias optassem por não imunizar os seus filhos.

Crianças não vacinadas têm maior risco de contrair sarampo, uma doença que infeta o sistema respiratório e causa diarreia severa, pneumonia, cegueira e até a morte.

Lusa

Breves Portugal 15.02.2019

A Procuradoria Geral da República considerou a greve dos enfermeiros ilícita

O Governo tinha voltado a solicitar, no início do mês, ao  Conselho Consultivo da Procuradoria-Geral da República que se pronunciasse sobre a legalidade da greve cirúrgica dos enfermeiros. 

Em anterior pronunciamento este órgão da PGR não tinha encontrado nenhuma ilegalidade na greves destes profissionais da saúde, mas com o acumular de queixas sobre o não cumprimento dos serviços mínimos e com o degradar dos serviços de saúde e adiamento de operações urgentes, a PGR alterou a sua posição. 

A ministra da Saúde anunciou em conferência de imprensa que "a greve decretada foi declarada ilícita". "Neste sentido foi comunicada a decisão e torna-se vinculativa para todas as entidades do Ministério da Saúde", acrescentou

Breves Luxemburgo 15.02.2019

Fim de semana de primavera

Sol e subida de temperaturas vão animar o sábado e o domingo. 

As previsões meteorológicas para este fim de semana são de sol "radioso" e subida das temperaturas máximas. O instituto de meteorologia luxemburguês, Meteolux, prevê uma manhã fria no sábado (-2 graus) com alertas para o gelo na estrada. Mas à tarde os termómetros deverão chegar aos 13 graus. No domingo o cenário deverá repetir-se.

Há, no entanto, um aspeto negativo a salientar este fim de semana: a concentração de partículas finas no ar. Todo o país estará em alerta amarelo entre esta sexta-feira e amanhã. Estas poeiras são provenientes da produção energética, da indústria, dos transportes ou da agricultura e geram nuvens de poeira, muitas vezes invisíveis. 

Por  conterem substâncias tóxicas a sua inalação pode afetar os sistemas respiratório, circulatório, nervoso, cardiovascular e imunitário. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), poderão mesmo potenciar o desenvolvimento de doenças cardíacas e pulmonares, incluindo o cancro. 

Num relatório divulgado em 2018, a organização refere que morrem 4,2 milhões de pessoas por ano devido à poluição do ar nas cidades. Ao mesmo tempo, alerta que 91% da população mundial vive em cidades onde os níveis de toxicidade do ar ultrapassam os limites estipulados pela OMS. 

Breves Luxemburgo 15.02.2019

Estradas cortadas na capital a partir deste sábado

Trabalhos de renovação na ponte Buchler, em Bonnevoie, e obras em Gasperich vão causar vários constrangimentos ao trânsito entre 16 e 24 de fevereiro.

Duas zonas da cidade do Luxemburgo vão estar condicionadas por trabalhos na estrada. Começando pela ponte Buchler, em Bonnevoie, os trabalhos de renovação desta obra vão levar ao encerramento parcial do troço entre a Route de Thionville em direção à Rocade de Bonnevoie que também dá acesso ao centro da cidade. 

O troço estará fechado desde este sábado, a partir das 06:00, até 24 de fevereiro, às 18:00. 

As obras no Ban de Gasperich vão também causar alguns desvios no trânsito. Os trabalhos vão decorrer sobretudo na interseção entre a Route D'Esch e a  Boulevard Friedrich Wilhelm Raiffeisen no domingo. 

Em particular, a Boulevard F.W. Raiffeisen estará encerrada ao trânsito entre as 06:00 e as 15:00, desde a junção com a Route D'Esch até à Boulevard Kockelscheuer, incluindo a Rue Robert Stumper e a Rue Lise Meitner.

Na rotunda na Route D'Esch serão instalados temporariamente semáforos.   


Breves Desporto 14.02.2019

Portugal com maior delegação de sempre nos Mundiais de ciclismo de pista

No velódromo polaco, Portugal vai apresentar-se nos concursos masculino e feminino de omnium e para as provas masculinas de madison, perseguição individual e scratch, estando prevista para a semana a decisão sobre a distribuição dos corredores pelas disciplinas.

Em comunicado, a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) confirmou a presença de Maria Martins em omnium, em 01 de março.

“O nosso grande foco são as disciplinas olímpicas de omnium e de madison. Tentaremos obter o maior número possível de pontos, para o ‘ranking’ de apuramento para os Jogos Olímpicos e para os rankings individuais”, afirmou o selecionador português de ciclismo de pista, Gabriel Mendes.

Breves Luxemburgo 14.02.2019

Saiba onde vai estar hoje a polícia com radares

A polícia grã-ducal vai exercer hoje ações de controlo e punição aos excessos dos condutores.

De manhã, os agentes vão marcar presença em Rumelange (rue d'Esch) e em Vichten (rue Principale). À tarde, as missões serão desempenhadas em Eich (route d'Echternach) e em Uebersyren (rue de Beyren).