Escolha as suas informações

Supremo Tribunal autoriza prisão de Lula
Mundo 05.04.2018

Supremo Tribunal autoriza prisão de Lula

Supremo Tribunal autoriza prisão de Lula

Foto: REUTERS
Mundo 05.04.2018

Supremo Tribunal autoriza prisão de Lula

Recusa do habeas corpus deixa nas mãos do Tribunal Regional Federal da quarta Região a execução da pena de 12 anos e um mês de cadeia para o ex-presidente brasileiro.

Foram mais de 10 horas de avaliação até que o Supremo Tribunal Federal se pronunciasse, mas a decisão foi desfavorável a Lula da Silva: o habeas corpus foi rejeitado e o Supremo autorizou que o ex-presidente do Brasil seja preso.

A execução da pena fica, deste modo, no Tribunal Regional Federal da quarta Região que, em janeiro passado, condenou Lula a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do apartamento triplex de Guarujá.

Contra o habeas corpus votaram Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Cármen Lúcia; a favor pronunciaram-se Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio Mello e Celso de Mello.

Segundo a imprensa brasileira, a defesa do ex-presidente pode ainda apresentar um recurso no Tribunal Regional Federal da quarta Região, mas já não poderá impedir a condenação e obter a absolvição de Lula.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Juiz manda libertar Lula, mas ordem é revogada por outro juiz
O Tribunal Federal da 4ª Região aceitou um pedido de habeas corpus requerido por deputados do Partido dos Trabalhadores e mandou libertar o antigo presidente brasileiro e candidato presidencial que se encontra preso por causa de uma sentença do caso Lava Jato, que ainda não transitou em julgado. Porém, um outro juiz desembargador contrariou a ordem.