Escolha as suas informações

Sri Lanka. Estado Islâmico reivindica "emboscada" que causou 17 vítimas
Mundo 28.04.2019

Sri Lanka. Estado Islâmico reivindica "emboscada" que causou 17 vítimas

Sri Lanka. Estado Islâmico reivindica "emboscada" que causou 17 vítimas

Foto: AFP
Mundo 28.04.2019

Sri Lanka. Estado Islâmico reivindica "emboscada" que causou 17 vítimas

Agência ligada ao grupo terrorista divulgou a informação.

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) reivindicou "uma emboscada" no Sri Lanka por três 'jihadistas' que causou 17 vítimas, entre mortos e feridos, depois de as autoridades terem contabilizado 16 mortos numa operação contra terroristas.

A agência Amaq, vinculada ao Estado Islâmico, informou no sábado através da rede social Telegram que "caíram 17 membros da polícia, entre mortos e feridos, numa emboscada preparada por três 'jihadistas' do EI na noite de sexta-feira".

Segundo a Amaq, o ataque ocorreu na cidade de Kalmunai, onde se realizou uma operação policial.

As forças de segurança do Sri Lanka anunciaram no sábado a morte de 16 pessoas em confrontos, incluindo seis crianças, três mulheres e seis terroristas, em Kalmunai, além da detenção de uma centena de pessoas por envolvimento nos atentados de domingo de Páscoa, que provocaram 253 mortos, entre eles um português, e mais de 500 feridos.

Desde os atentados de há uma semana, reclamados pelo Estado Islâmico, a polícia tem feito rusgas e desativado dezenas de explosivos.

A operação policial de sexta-feira começou depois de um aviso sobre uma casa onde se escondiam pessoas vinculadas aos atentados suicidas ocorridos na Páscoa.

Posteriormente, houve um tiroteio e uma série de explosões. A maioria das mortes sucedeu quando, de acordo com as autoridades, seis suicidas munidos de explosivos se imolaram, matando os seus próprios familiares.

Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas