Escolha as suas informações

Sismo de 7.5 faz seis mortos no México
Mundo 24.06.2020 Do nosso arquivo online

Sismo de 7.5 faz seis mortos no México

Sismo de 7.5 faz seis mortos no México

AFP
Mundo 24.06.2020 Do nosso arquivo online

Sismo de 7.5 faz seis mortos no México

O sismo provocou danos em meio milhar de casas, quatro escolas e dezenas de monumentos históricos.

Nas contas das autoridades mexicanas, pelos menos seis pessoas morreram na sequência do forte sismo que sacudiu o sul do México na noite desta sexta-feira. Num balanço inicial, as autoridades de Oaxaca, onde se registou o epicentro do abalo de 7.5 na escala de Richter, davam conta de três mortos. Depois de várias horas de buscas, o governador do estado mais afetado pelo tremor de terra entretanto confirmar a morte de uma mulher e cinco homens. 

Sentido não só em Oaxaca, como em Guerrero, Chiapas, Michoacán, Jalisco, Querétaro, Morelos, Tabasco, Veracruz, Puebla, Estado do México e na Cidade do México, o sismo provocou diversos danos materiais. Além do meio milhar de casas destruídas, quatro escolas e dezenas de monumentos históricos ruiram ou estão em risco de ruptura. 

O relatório sismológico mais recente indicou que, até ao momento, foram registados 654 réplicas. Situado precisamente sobre cinco placas tectónicas, o México lida há séculos com sismos de maior ou menor dimensão. 

Em 2017, 471 pessoas morreram no México na sequência de três sismos (com magnitudes que oscilaram entre os 6,1 e os 8,2) que foram registados num período de poucos dias, em 07, 19 e 23 de setembro. Foi o maior  desastre natural no país desde o sismo de 1985, que fez milhares de mortos na capital do país. 

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O número de mortos devido ao sismo que ocorreu na quinta-feira à noite na costa sul do México passou para 90, divulgou hoje a Proteção Civil de Oaxaca.
O número de mortos causados pelo sismo de quinta-feira à noite no México subiu para 64, quando as autoridades dão por terminadas as operações de buscas.
O número de vítimas mortais provocadas pelo sismo de magnitude 8,2 que abalou o México na quinta-feira subiu para 32, das quais 23 no estado de Oaxaca, sete em Chiapas e duas em Tabasco, segundo agências internacionais.