Escolha as suas informações

Roberta, e se o teu presente de aniversário fosse a presidência?
Mundo 18.01.2022
Eleições no Parlamento Europeu

Roberta, e se o teu presente de aniversário fosse a presidência?

Eleições no Parlamento Europeu

Roberta, e se o teu presente de aniversário fosse a presidência?

Foto: Patrick Hertzog/AFP/dpa
Mundo 18.01.2022
Eleições no Parlamento Europeu

Roberta, e se o teu presente de aniversário fosse a presidência?

Telma MIGUEL
Telma MIGUEL
A advogada maltesa do conservador EPP Roberta Metsola é dada como a grande favorita e faz hoje 43 anos. Estão a candidatar-se um total de três mulheres e a eleição pode decidir-se só ao fim da quarta ronda de votos secretos.

Nesta segunda-feira, dia 17, o Parlamento Europeu reunido no hemiciclo em Estrasburgo despediu-se numa comovente homenagem do presidente David Sassoli, que morreu a 11 de janeiro. 

Quem dirigiu a cerimónia foi Roberta Metsola que, como primeira vice-presidente da instituição, assumiu interinamente o cargo. Esta terça o dia é para a escolha de quem será o sucessor de Sassoli para os próximos dois anos e meio na presidência da instituição que representa os 450 milhões de cidadãos da União Europeia que votam diretamente os seus representantes.


Presidente do Parlamento Europeu morre aos 65 anos
David Sassoli estava hospitalizado com "complicações graves" devido a uma "disfunção do sistema imunitário". Tinha contraído uma pneumonia em setembro de 2021.

Ao fim da tarde de segunda-feira um dos vice-presidentes do PE ainda em exercício, o português Pedro Silva Pereira, anunciou as candidaturas confirmadas de Roberta Metsola, do grupo liberal EPP. 

Silva Pereira anunciou também a candidatura da eurodeputada sueca pelos Verdes Alice Bah Kuhnke, a espanhola Sira Rego, pelo grupo parlamentar a Esquerda, enquanto os Conservadores e Reformistas europeus propuseram a candidatura do polaco Kosma Złotowski.

Nesta terça-feira de manhã, em que decorre a primeira ronda de votações por voto segredo, a candidatura do polaco Kosma Złotowski, originário do partido de extrema-direita polaco Law and Justice, atualmente no poder em Varsóvia, foi retirada.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas