Escolha as suas informações

Reino Unido: Negociações para Brexit iniciam-se dentro de duas semanas
Mundo 11.06.2017

Reino Unido: Negociações para Brexit iniciam-se dentro de duas semanas

Reino Unido: Negociações para Brexit iniciam-se dentro de duas semanas

Foto: Shutterstock
Mundo 11.06.2017

Reino Unido: Negociações para Brexit iniciam-se dentro de duas semanas

O Reino Unido prevê começar dentro de duas semanas, conforme previsto, as negociações sobre a saída do país da União Europeia.

O Reino Unido prevê começar dentro de duas semanas, conforme o previsto, as negociações sobre a saída do país da União Europeia, comunicou hoje a primeira-ministra britânica, Theresa May, à chanceler alemã, Angela Merkel.

A informação consta num comunicado divulgado pelos serviços do Governo britânico.

Segundo o comunicado, Theresa May teve uma conversa telefónica com a chanceler alemã, durante a qual “confirmou a sua intenção de iniciar como previsto as discussões sobre o Brexit nas próximas duas semanas”.

Esta conversa ocorreu pouco tempo depois de a conservadora britânica ter anunciado que chegou a um princípio de acordo com o Partido Democrático Unionista (DUP) da Irlanda do Norte para governar com o apoio pontual, mas aparentemente sem coligação.

"Damos as boas-vindas a este compromisso, que pode dar a todo o país a estabilidade e a previsibilidade que se requer durante e depois do 'Brexit'", disse o porta-voz de May, depois de anunciar "os princípios de um esboço de acordo".

Os dez deputados do DUP podem dar a maioria de que os conservadores precisam depois de terem reduzido a sua presença no Parlamento para 318 deputados, menos oito do que precisariam para terem maioria absoluta.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Governo e trabalhistas tentam um compromisso sobre o Brexit
O braço direito de Theresa May afirmou que tinha acordado com John McDonnell "um programa de reuniões na próxima semana" entre membros do Governo e líderes do Partido Trabalhista "para discutir coisas como normas de proteção do ambiente, direitos dos trabalhadores e relações de segurança entre o Reino Unido e a União Europeia (UE)".
Trump quer substituir May por Boris
No primeiro dia da sua visita ao Reino Unido, o presidente dos Estados Unidos lançou uma bomba atómica, desta vez não escolheu o Twitter, usou o The Sun do seu amigo Murdoch para dizer que o Brexit suave liquida qualquer acordo com os norte-americanos e que gostava muito de ver Boris Johnson como futuro primeiro-ministro do Reino Unido. Isso no dia em que a primeira-ministra que o recebe, e o trata por "querido amigo", apresentou o seu plano de saída da União Europeia.