Escolha as suas informações

Reino Unido divulga por acidente dados pessoais de 250 afegãos
Mundo 21.09.2021
Afeganistão

Reino Unido divulga por acidente dados pessoais de 250 afegãos

Afeganistão

Reino Unido divulga por acidente dados pessoais de 250 afegãos

AFP
Mundo 21.09.2021
Afeganistão

Reino Unido divulga por acidente dados pessoais de 250 afegãos

Redação
Redação
Alguns dos intérpretes que colaboraram com o Reino Unido ainda estão no Afeganistão e correm, agora, perigo de vida.

Mais de 250 afegãos que ajudaram o Reino Unido e procuram sair do Afeganistão, após a tomada de poder do governo taliban, tiveram os seus dados eletrónicos divulgados por engano pelo ministério da Defesa britânico.

De acordo com a BBC, a falha aconteceu por causa de um e-mail enviado em nome do programa de recolocação e assistência aos afegãos que trabalharam para o governo britânico (Afghan Relocations and Assistance Policy) para mais de 250 afegãos sem que os endereços ficassem ocultos. À BBC, um intérprete admitiu que "este erro pode custar a vida dos intérpretes, sobretudo daqueles que permanecem no Afeganistão. Alguns dos que não perceberam o erro responderam a sobre a situação em que se encontravam ou o local onde se escondiam. "O e-mail contém fotos de seus perfis e dados de contato", acrescentou.

"Pedimos desculpas a todos os afetados por esta violação e estamos a trabalhar para garantir que isso não volte a acontecer", disse um porta-voz do Ministério da Defesa britânico, que já pediu desculpa pelo erro e garantiu que "foi aberta uma investigação sobre a violação de informações da equipa de Política de Assistência para a Relocação de Afegãos".

De acordo com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, permanecem no Afeganistão 311 pessoas elegíveis para o programa britânico de transferência e assistência. O e-mail em causa continha uma mensagem de esperança para estes intérpretes de que o governo britânico estaria a fazer todos os possíveis para os retirar do país. 30 minutos depois, o ministério enviava novo e-mail a pedir a todos os intérpretes para alterarem os endereços eletrónicos.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.