Escolha as suas informações

Rainha Isabel II foi internada para "exames preliminares"
Mundo 22.10.2021
Inglaterra

Rainha Isabel II foi internada para "exames preliminares"

Apesar da idade, da morte do marido Filipe em abril e da pandemia da covid-19, a monarca britânica continua a assistir incansavelmente a eventos públicos.
Inglaterra

Rainha Isabel II foi internada para "exames preliminares"

Apesar da idade, da morte do marido Filipe em abril e da pandemia da covid-19, a monarca britânica continua a assistir incansavelmente a eventos públicos.
Foto: AFP
Mundo 22.10.2021
Inglaterra

Rainha Isabel II foi internada para "exames preliminares"

AFP
AFP
A Rainha Isabel II, de 95 anos, foi aconselhada pelos médicos a descansar e passou a noite de quarta-feira no hospital para ser submetida a "exames preliminares", informou o Palácio de Buckingham.

"Seguindo conselhos médicos para descansar durante alguns dias, a Rainha foi para o hospital na quarta-feira à tarde para exames preliminares e regressou ao Castelo de Windsor à hora do almoço na quinta-feira", escreveu o palácio numa breve declaração, acrescentando que Isabel está "de bom humor".

Apesar da idade, da morte do marido Filipe em abril e da pandemia da covid-19, a monarca britânica continua a assistir incansavelmente a eventos públicos enquanto se prepara para celebrar o seu 70.º aniversário no trono em 2022. Não se lhe conhecem quaisquer problemas de saúde graves nos últimos anos.

A Rainha Isabel II apareceu novamente na terça-feira numa recepção no Castelo de Windsor, perto de Londres, na presença do primeiro-ministro britânico Boris Johnson, do empresário Bill Gates e do enviado climático americano John Kerry. Visivelmente em boa forma, apertou as mãos sem luvas e conversou com os convidados sem máscara.

Mas, na quarta-feira, a monarca cancelou uma visita à Irlanda do Norte depois de "aceitar relutantemente" o conselho dos médicos para descansar. 

Segundo a agência de notícias PA, a breve hospitalização da Rainha nas últimas horas teve lugar no hospital privado Edward VII, no centro de Londres, onde o marido Filipe tinha sido hospitalizado várias vezes antes da sua morte.

A estadia no hospital seria limitada a consultas especializadas, mas foi decidido que passaria lá a noite por razões "práticas", de acordo com a mesma fonte, que disse que depois regressaria ao seu gabinete para "tarefas leves".

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas