Escolha as suas informações

Putin. EUA e Reino Unido julgam-se os "mensageiros de Deus na Terra"
Mundo 2 min. 17.06.2022
Guerra na Ucrânia

Putin. EUA e Reino Unido julgam-se os "mensageiros de Deus na Terra"

Vladimir Putin
Guerra na Ucrânia

Putin. EUA e Reino Unido julgam-se os "mensageiros de Deus na Terra"

Vladimir Putin
AFP
Mundo 2 min. 17.06.2022
Guerra na Ucrânia

Putin. EUA e Reino Unido julgam-se os "mensageiros de Deus na Terra"

Redação
Redação
Para o presidente russo, a União Europeia "perdeu completamente a soberania".

Num discurso no Fórum Económico de São Petersburgo nesta sexta-feira, cujo início foi adiado por um alegado ataque informático ao Kremlin, o presidente russo, Vladimir Putin, não poupou críticas ao Ocidente e garantiu que a Rússia vai cumprir os seus objetivos na guerra. 

Putin afirmou com certeza que a "arma das sanções contra a Rússia falhou, repetindo a mensagem de resiliência económica no país e diz que os maiores penalizados pelas sanções à Rússia são as empresas e as pessoas europeias. A Europa poderá perder "mais de 400 mil milhões de dólares", garantiu. 

Para o presidente russo, todos os problemas de inflação e subida da energia devem-se a "erros da burocracia" europeia e dos EUA, não só com as sanções aplicadas à Rússia como à "impressão de dinheiro" por parte dos bancos centrais nos últimos anos.

Esta destruição económica vai gerar divisões políticas e sociais na Europa, aposta Putin, que diz existir "russofobia" em várias partes do mundo. A mensagem foi clara, "nada voltará a ser como dantes na política internacional". 

"Objetivos da operação militar vão ser atingidos"   

Num discurso longo, Putin também afirmou que "o Ocidente está a explorar militarmente o território ucraniano e a fornecer grandes quantidades de armas". "Na economia e no bem-estar das pessoas não gastam nada, não se importam, mas para criar um ponto para a NATO enfrentar a Rússia, para isso não falta dinheiro", ironizou.

Mantendo o mesmo tom de confiança que tem tido desde fevereiro, o líder do Kremlin disse ainda que "os objetivos da operação militar serão conseguidos e a garantia disso mesmo é o heroísmo das nossas tropas", afirmou, criticando em particular os Estados Unidos e o Reino Unido por se acharem "mensageiros de Deus na Terra".

Em relação à União Europeia, "perdeu completamente a soberania" e "está a dançar ao som da música que outros estão a tocar", ao mesmo tempo que "aplica grandes dificuldades às suas populações, no seu dia-a-dia".

Cereais não estão bloqueados

A Rússia não está a obstruir os carregamentos de cereais da Ucrânia, segundo Putin. "Não fomos nós que minámos os portos". Se Kiev decidir desminá-las, Moscovo garantirá a segurança das exportações, disse Putin.  

Estão envolvidos cinco a seis milhões de toneladas de trigo e aproximadamente a mesma quantidade de milho. "Isto é insignificante para o mercado mundial", disse Putin. As sanções ocidentais contra a Rússia tiveram um impacto muito maior no aumento dos preços dos alimentos. 

Advertiu que a exportação de fertilizantes, em particular, estava a pôr em perigo as futuras colheitas e, por conseguinte, a aumentar ainda mais os preços. Putin também acusou os EUA e a Europa de aumentar as importações de alimentos e, assim, alimentar a concorrência por alimentos cobiçados nos mercados mundiais.


O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas