Escolha as suas informações

PM Boris Johnson anuncia proposta para eleições antecipadas no Reino Unido
Mundo 04.09.2019 Do nosso arquivo online

PM Boris Johnson anuncia proposta para eleições antecipadas no Reino Unido

PM Boris Johnson anuncia proposta para eleições antecipadas no Reino Unido

Foto: AFP
Mundo 04.09.2019 Do nosso arquivo online

PM Boris Johnson anuncia proposta para eleições antecipadas no Reino Unido

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou, esta terça-feira, a apresentação de uma proposta para antecipar eleições legislativas após perder uma votação que permite a introdução de legislação para adiar o ‘Brexit'.

"Se a Câmara aprovar este projeto de lei, o povo deste país terá de escolher quem vai a Bruxelas [ao Conselho Europeu] em 17 de outubro para resolver isto e levar este país para a frente", afirmou Boris Johnson no parlamento.

Johnson referiu que "o líder da oposição anda a implorar por uma eleição há dois anos”.

“Ele tem apoiantes lá fora a pedir eleições. Eu não quero eleições, mas se os deputados votarem amanhã [quarta-feira] para interromper as negociações e obrigar a outro atraso inútil do ‘Brexit', potencialmente por anos, esta seria a única maneira de resolver isso", acrescentou.

O líder do partido Trabalhista, o principal partido da oposição, Jeremy Corbyn, respondeu: "Se ele quer apresentar uma proposta para uma eleição geral, muito bem. Deixe passar a lei primeiro para descartar uma saída sem acordo".

Para conseguir convocar eleições antecipadas, o primeiro-ministro precisa do voto favorável de dois terços dos deputados, dependendo, assim, da ajuda do Partido Trabalhista, o principal partido da oposição.

Uma maioria de deputados britânicos aprovou hoje uma moção que permite a apresentação de legislação para impor um novo adiamento do ‘Brexit' que impeça uma saída sem acordo em 31 de outubro.

A votação na Câmara dos Comuns foi de 328 votos a favor e 301 contra, uma margem de 27.

A derrota do Governo, que ontem perdeu a maioria devido à deserção de Philip Lee para os Liberais Democratas, foi determinada pelo voto a favor da moção por deputados conservadores, que contrariaram a orientação do partido Conservador.

A moção retira ao Governo o controlo sobre a agenda parlamentar na quarta-feira e dá a este grupo de deputados a oportunidade para apresentar um projeto de lei e acelerar o processo de aprovação para que todas as etapas sejam concluídas até ao final da tarde desse dia.

O texto passa depois para a Câmara dos Lordes, a câmara alta do parlamento britânico, para que seja promulgado nos próximos dias.

Lusa


Notícias relacionadas

Brexit: Partido Trabalhista aceita eleições antecipadas
Jeremy Corbyn, líder do principal partido da oposição no Reino Unido, o Partido Trabalhista (Labour), disse hoje que aceita a realização de legislativas antecipadas, uma vez que foi afastado o cenário de um ‘Brexit’ sem acordo.