Escolha as suas informações

Pandemia adia Carnaval do Rio de Janeiro
Mundo 25.09.2020

Pandemia adia Carnaval do Rio de Janeiro

Pandemia adia Carnaval do Rio de Janeiro

Photo: AFP
Mundo 25.09.2020

Pandemia adia Carnaval do Rio de Janeiro

Sem data para desfilar, as escolas de samba cariocas fazem depender do aparecimento da vacina contra a covid-19, o seu regresso ao Sambódromo.

Em 2021 não há Carnaval no Rio de Janeiro. Prevista para o mês de fevereiro, a próxima edição do mais famoso carnaval do mundo não sai para a rua antes do aparecimento de uma vacina contra o novo coronavírus. 

A decisão foi tomada esta quinta-feira, pela Liga Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro que, para já, não se compromete com nova data. 

"É cada vez mais difícil ter Carnaval sem vacina. Desde julho, não temos segurança de que haverá e não tem como falar em Carnaval sem segurança", disse o presidente da entidade organizadora, Jorge Castanheira. "Não temos como fazer em fevereiro, as escolas já não vão ter tempo nem condições financeiras e de organização de viabilizar até fevereiro", explicou em conferência de imprensa.

"Vamos continuar lutando, buscando alternativas para encontrarmos um projecto nosso que permita que as escolas de samba possam fazer algum processo alternativo aos desfiles que acontecem em Fevereiro para também não prejudicar o carnaval de 2022", assegurou de olhos postos no futuro. 

Adiamento anunciado

Confrontadas com o aumento de casos e mortes naquele que é o segundo país mais afetado pelo novo coronavírus, várias escolas de samba já se tinham recusado a desfilar no próximo ano, dado também as circunstâncias económicas que paralisaram a construção dos carros alegóricos e das milhares de fantasias. 

Além disso, o Rio de Janeiro é o quarto estado que concentra o maior número de infetados, numa altura em que o país soma quase 140 mil mortes e mais de 4 milhões de casos. 

Desde 1912 que o evento mais mediático do país não era suspenso. Na altura, o cancelamento deveu-se à morte do então ministro dos negócios estrangeiros.

 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas