Escolha as suas informações

Oposição israelita pode formar governo depois de fracasso de Netanyahu
Mundo 05.05.2021

Oposição israelita pode formar governo depois de fracasso de Netanyahu

Oposição israelita pode formar governo depois de fracasso de Netanyahu

AFP
Mundo 05.05.2021

Oposição israelita pode formar governo depois de fracasso de Netanyahu

Agora a palavra cabe ao Presidente Reuven Rivlin que deve viabilizar um executivo ante o cansaço da sociedade israelita perante sucessivas eleições legislativas.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, de 71 anos, 15 dos quais à frente do poder, não conseguiu formar governo pela quarta vez desde 2019. Findo o prazo legal, o impasse deve manter-se e cabe agora ao Presidente Reuven Rivlin, também conservador, nomear no prazo de três dias outro parlamentar que tenha condições para constituir um governo com maioria.

O líder da oposição, o centrista Yair Lapid, de 57 anos, está a emergir como o candidato com mais opções. Nas últimas semanas tem estado envolvido em rondas de negociações com as partes do chamado Bloco para a Mudança para se preparar para assumir o cargo se o Presidente de Israel optar por essa solução.

"Chegou a hora de um novo governo de mudança", afirmou Lapid, que já foi ministro e que saltou para a política em 2013. Impulsionou, entre 2013 e 2015, reformas legais a favor do secularismo, que o tornaram o grande rival dos ultra-religiosos. 

Após mais de dois anos de impasse político e quatro eleições legislativas consecutivas sem resultados conclusivos, Netanyahu parecia apostar em novas eleições para o outono. Mas a sociedade israelita não parece estar disposta desta vez a permitir que o ciclo eleitoral se perpetue. "Netanyahu está a ficar sem coelhos no seu chapéu", afirmou o analista político Ben Caspit na sua coluna no diário Maariv.

O mais antigo primeiro-ministro em serviço na história de Israel tentou tudo o que pôde para permanecer no poder para se proteger do julgamento por corrupção. O Presidente Rivlin parece inclinado para um Governo liderado por Lapid, segundo a imprensa israelita.

O Bloco para a Mudança liderado por Lapid espera reunir dois partidos conservadores (apoiantes dos colonatos na Cisjordânia), duas forças centristas, o histórico Partido Trabalhista, a esquerda pacifista oposta aos colonos judeus, e quatro partidos árabes, agora divididos em duas correntes.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.