Escolha as suas informações

Breves Mundo 05.12.2018

ONU intensifica luta contra poluição do plástico no mar

A presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas, a equatoriana Maria Fernanda Espinosa, afirmou a sua vontade de intensificar a luta global contra a poluição de plásticos.

“Oitenta por cento dos plásticos acabam nos oceanos. Vamos entre as oito e as 12 milhões de toneladas por ano”, disse a presidente, numa conferencia de imprensa em que esteve acompanhada pelo primeiro-ministro de Antiga e Barbuda, Gaston Browne.

Segundo Maria Fernanda Espinosa, até 2050 haverá “mais plástico no mar do que peixes”.

“Os microplásticos são encontrados no sal e na água e, por isso, presume-se que cada pessoa no planeta tenha plástico no seu corpo”, explicou.

A intensificação da luta global visa complementar os esforços já feitos, entre outros, por várias agências das Nações Unidas, frisou.

Em fevereiro, a agência das Nações Unidas para o ambiente iniciou uma campanha global, denominada ‘#OceansPropres’, para impedir o desperdício de plástico.

Lançada na Cimeira Ocean World, realizada em Bali, na Indonésia, a campanha exorta os governos a adotarem políticas de redução de plástico, solicitando às indústrias para minimizarem as embalagens de plástico e a repensarem a conceção dos produtos, antes que os oceanos sejam irreversivelmente danificados.

A ação da presidente da Assembleia Geral visa intensificar, através das Nações Unidas, a consciencialização dos danos causados pelo plástico e limitar o uso nas suas agências.

Lusa

Breves Mundo 24.03.2019

Cinco helicópteros estão a tentar salvar 1.300 passageiro de navio da Noruega

Os serviços de resgate norueguês relataram na sua conta no Twitter que há cinco helicópteros a participar na operação, bem como um número indeterminado de embarcações

"O navio de cruzeiro Viking Sky enviou um sinal de socorro indicando problemas no motor numa situação de mau tempo. Enviámos vários helicópteros e barcos para a área", disseram os serviços de resgate do condado de Møre em comunicado.

As autoridades norueguesas montaram um centro de apoio num pavilhão desportivo perto da costa para receber os passageiros que vão sendo resgatados.

De acordo com informações da televisão pública norueguesa NRK, já foram retirados os primeiros cem passageiros, que chegaram a terra em segurança.

A estação de televisão acrescenta que a operação deverá ser prolongada, uma vez que cada helicóptero transporta entre dez e quinze passageiros de cada vez.

Outros navios começaram a chegar à área onde o cruzeiro está localizado para ajudar nas operações.

O incidente ocorreu a cerca de 2,5 milhas náuticas da área de Møre og Romsdal (oeste da Noruega), uma região onde os naufrágios são frequentes.

As águas do litoral de Hustadvika são consideradas águas complexas para a navegação, uma vez que são frequentes ventos e correntes.

Breves Mundo 23.03.2019

Ministro do Trabalho morto em ataque terrorista na Somália

O ministro do Trabalho da Somália é uma das cinco vítimas mortais contabilizadas até agora em consequência do ataque levado a cabo hoje de manhã contra um edifício do governo na capital, Mogadíscio, disse fonte policial.

De acordo com o capitão Mohamed Hussein, o ministro, Saqar Ibrahim Abdalla, foi morto no seu escritório, no rés-do-chão, logo após a invasão do edifício por um grupo de homens armados, na capital da Somália, Mogadíscio.

A mesma fonte adiantou que as forças de segurança já puseram fim ao cerco feito pelo grupo armado ao edifício.

Pelo menos cinco homens armados invadiram o prédio, depois de um atentado suicida com um carro bomba, às portas do edifício, perto da sede dos serviços secretos.

As forças de segurança somali trocaram tiros com os atacantes, para conseguir assumir o controlo do edifício.

Do ataque resultaram ainda pelo menos 10 feridos, segundo a mesma fonte policial.

O grupo extremista islâmico Al-Shebab, ligado à al-Qaida, assumiu a responsabilidade pelo ataque.

Lusa

Breves Portugal 23.03.2019

Algarve com risco elevado de incêndio e mar agitado

De acordo com a informação disponível no site do IPMA, no que respeita aos avisos meteorológicos, apenas o distrito de Faro e o arquipélago dos Açores estão sob aviso amarelo, o primeiro devido à forte agitação marítima entre as 12:00 de hoje e as 06:00 de domingo, sendo esperadas ondas de um a dois metros de altura, e as ilhas devido à possível ocorrência de precipitação.

Relativamente ao risco de incêndio rural, que poderá acompanhar a subida de temperatura esperada para todo o país, é também no distrito de Faro que a previsão é mais preocupante, com os concelhos de Alcoutim, Tavira, São Brás de Alportel, Loulé e Lagos a apresentar risco “muito elevado”, o segundo mais grave numa escala de cinco.

O resto do distrito está em risco “elevado” de incêndio, com exceção de Vila Real de Santo António e Lagoa, os únicos concelhos algarvios que não estão sob risco.

Ainda em risco “elevado”, encontram-se também os concelhos de Mértola, Almodóvar e Odemira, no distrito de Beja, Marvão, Nisa e Gavião, no distrito de Portalegre, Vila Velha de Ródão e Proença-a-Nova, em Castelo Branco, e Mação, no distrito de Santarém.

A previsão aponta para céu geralmente limpo, com períodos de maior nebulosidade durante a tarde, em especial no centro e sul, e vento em geral fraco, mas soprando mais intenso no Algarve e nas terras altas.

O IPMA prevê ainda uma pequena subida de temperatura e acentuado arrefecimento noturno.

Durante o dia de sábado, os termómetros vão chegar aos 26 graus em Setúbal e Santarém.

Em Lisboa vão estar 24 graus, em Faro e no Porto 22. Para domingo prevê-se 27 graus para Braga, 26 para Leiria, Santarém e Setúbal, 24 para Lisboa e Porto, e 21 para Faro.

Lusa

Breves Luxemburgo 23.03.2019

Homem desaparecido encontrado morto perto de Eischen

Patrick K, 32 anos, foi descoberto num bosque situado entre Eischen e Clairefontaine. Segundo a polícia, as causas da morte não são ainda conhecidas, mas as autoridades descartam a possibilidade de ter sido assassinado. 

O homem tinha desaparecido de sua casa na quinta-feira depois de uma discussão conjugal e não tinha dado sinais de vida depois, o que levou a polícia a ter lançado um apelo público para ser encontrado. As autoridades deram com ele morto num bosque nesta sexta-feira.