Escolha as suas informações

ONU convoca reunião de emergência sobre teste atómico norte-coreano
Mundo 2 min. 06.01.2016 Do nosso arquivo online
Bomba de hidrogénio

ONU convoca reunião de emergência sobre teste atómico norte-coreano

Bomba de hidrogénio

ONU convoca reunião de emergência sobre teste atómico norte-coreano

Foto: AFP
Mundo 2 min. 06.01.2016 Do nosso arquivo online
Bomba de hidrogénio

ONU convoca reunião de emergência sobre teste atómico norte-coreano

A Coreia do Norte afirmou hoje ter realizado, com sucesso, o seu primeiro teste nuclear de hidrogénio, dando um significativo passo no desenvolvimento do seu programa nuclear. A ONU convocou para hoje uma reunião de emergência sobre o assunto.

A Coreia do Norte afirmou hoje ter realizado, com sucesso, o seu primeiro teste nuclear de hidrogénio, dando um significativo passo no desenvolvimento do seu programa nuclear. A ONU convocou para hoje uma reunião de emergência sobre o assunto.

“O primeiro teste de bomba de hidrogénio da República foi realizado com sucesso às 10h [02h30 no Luxemburgo] do dia 6 de Janeiro de 2016, assente na determinação estratégica do Partido dos Trabalhadores”, anunciou a televisão estatal norte-coreana.

Vários centros de actividade sísmica detectaram hoje um abalo na Coreia do Norte, levantando-se, de imediato, a possibilidade de ter sido causado por um teste nuclear.

Japão e EUA enviaram já aviões de reconhecimento para uma zona próxima da península coreana para medir a radioactividade no ar.  Os testes para detectar material radioactivo podem fornecer informação sobre a natureza do ensaio nuclear da Coreia do Norte. No entanto, no último teste atómico norte-coreano, em 2013, os aviões de reconhecimento não encontraram quaisquer vestígios, o que poderia indicar que o país comunista selou totalmente os túneis onde decorreu a explosão.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, condenou o teste da bomba de hidrogénio, considerando-o uma “ameaça grave” para o Japão e um “sério desafio” aos esforços de não-proliferação nuclear. “Condeno-o veementemente”, afirmou Abe. “O teste nuclear que foi realizado pela Coreia do Norte é uma grave ameaça à segurança da nossa nação e não podemos, absolutamente, tolerá-lo”, disse.

Reunião de emergência em Nova Iorque

O Conselho de Segurança das Nações Unidas convocou uma reunião de emergência para hoje, depois de a Coreia do Norte ter anunciado a realização, bem-sucedida, de um teste de uma bomba de hidrogénio.

A reunião à porta fechada entre os 15 países membros foi convocada pelos Estados Unidos e pelo Japão, indicou a porta-voz da missão norte-americana na ONU, Hagar Chemali.

A Coreia do Norte afirmou ter testado hoje, pela primeira vez, uma bomba de hidrogénio, uma reivindicação que ainda não foi confirmada.

Pyongyang já tinha realizado três testes nucleares, em 2006, 2009 e 2013, o que lhe valeu sanções da ONU.

Várias resoluções da ONU proíbem Pyongyang de realizar atividades nucleares ou ligadas à tecnologia de mísseis balísticos.


Notícias relacionadas

A China, principal aliado da Coreia do Norte, saudou hoje o anúncio de Pyongyang de que irá suspender os seus ensaios nucleares e de mísseis intercontinentais, afirmando que isso contribuirá para a desnuclearização da península coreana. A agência de notícias oficial da Coreia do Norte adiantou que a suspensão dos testes nucleares tem efeito a partir de hoje.
A man watches a television news showing a file footage of North Korean leader Kim Jong Un, at a railway station in Seoul on April 21, 2018.
North Korean leader Kim Jong Un said he would halt nuclear tests and intercontinental missile launches, in an announcement welcomed by US President Donald Trump ahead of a much-anticipated summit between the two men. / AFP PHOTO / Jung Yeon-je