Escolha as suas informações

OMS identifica vírus e bactérias que podem causar novas pandemias
Mundo 22.11.2022
Saúde pública

OMS identifica vírus e bactérias que podem causar novas pandemias

Um trabalhador realiza um teste covid-19 a uma mulher, numa estação de testes em Pequim, capital chinesa.
Saúde pública

OMS identifica vírus e bactérias que podem causar novas pandemias

Um trabalhador realiza um teste covid-19 a uma mulher, numa estação de testes em Pequim, capital chinesa.
Foto: Noel Celis/AFP
Mundo 22.11.2022
Saúde pública

OMS identifica vírus e bactérias que podem causar novas pandemias

AFP
AFP
O objetivo é atualizar uma lista de agentes patogénicos utilizada como guia para a investigação, desenvolvimento de vacinas, testes de rastreio e tratamentos.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou esta segunda-feira ter reunido mais de 300 peritos para compilar uma nova lista de agentes patogénicos que podem causar epidemias e pandemias e para estudar as ameaças que podem surgir de vírus desconhecidos.

O objetivo da OMS é atualizar uma lista de agentes patogénicos utilizada como guia para a investigação e desenvolvimento e o investimento, incluindo o desenvolvimento de vacinas, testes de rastreio e tratamentos.


Bruxelas prepara-se para três grandes ameaças globais à saúde
Novos vírus que poderão provocar pandemias, ameaças biológicas, químicas e nucleares provocadas por entidades criminosas e resistência aos antibióticos conhecidos. Além disso, no outono a covid voltará em força ao centro das notícias.

Como parte do processo, que começou a 18 de novembro, a OMS juntou mais de 300 cientistas para rever dados sobre mais de 25 famílias de vírus e bactérias.

Os cientistas concentrar-se-ão na "doença X", designação dada a um agente patogénico ainda desconhecido que poderia causar uma grande pandemia global.

"A observação de agentes patogénicos e famílias de vírus prioritários para a investigação e desenvolvimento de contramedidas é essencial para uma resposta rápida e eficaz a surtos e pandemias", disse o responsável do programa de emergências sanitárias da OMS, Michael Ryan.

Lista deverá estar pronta até abril

"Sem um investimento significativo em investigação e desenvolvimento antes da pandemia de covid-19, não teria sido possível desenvolver vacinas seguras e eficazes em tempo recorde", sublinhou Michael Ryan.

A lista de vírus e bactérias que poderão causar uma pandemia  foi publicada pela primeira vez em 2017.

Atualmente inclui a covid-19, o vírus da Ébola, febre de Lassa, Síndrome Respiratória do Médio Oriente (MERS), Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), os vírus Zika e Nipah e a Doença X.

No decurso do seu trabalho, os peritos determinarão, para cada agente patogénico identificado como prioritário, as lacunas de conhecimento e as prioridades de investigação.


"A próxima pandemia será pior", diz cientista que criou a vacina da Astrazeneca
Uma das criadoras da vacina da Oxford/AstraZeneca defendeu esta terça que as futuras pandemias podem ser mais letais do que a atual crise de covid-19 e que serão necessários mais recursos.

Só depois poderá ser elaborado um guia para o desenvolvimento de vacinas, tratamentos e testes de rastreio.

"A lista de agentes patogénicos prioritários tornou-se uma referência para a comunidade de investigação", indicando "onde devem ser concentrados os esforços para gerir a próxima ameaça", disse Soumya Swaminathan, cientista chefe da OMS.

A lista revista de agentes patogénicos deverá ser tornada pública até abril de 2023.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Nos últimos 30 anos, tem crescido o número de surtos de vírus, proliferando assim as doenças que assolam todo o mundo. Entretanto, relatos históricos de pandemias vão além do século XX e já preocupam a humanidade há dois mil anos.