Escolha as suas informações

OMS alerta para subida de casos na Europa após seis semanas em queda
Mundo 2 min. 04.03.2021

OMS alerta para subida de casos na Europa após seis semanas em queda

OMS alerta para subida de casos na Europa após seis semanas em queda

Foto: Martin Schutt/dpa-Zentralbild/dp
Mundo 2 min. 04.03.2021

OMS alerta para subida de casos na Europa após seis semanas em queda

A Organização Mundial de Saúde alertou para uma subida de 9% no número de novos casos na Europa desde a semana passada.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) relatou esta quinta-feira que houve um aumento de novos casos de coronavírus na Europa após seis semanas de queda, como referiu Hans Kluge, diretor regional europeu da OMS, no Twitter.

O dirigente da OMS afirmou em conferência de imprensa que os novos casos de covid-19 na Europa aumentaram 9% na semana passada, representando um pouco mais de um milhão de novas infeções. "Os dados acabaram com um promissor declínio de seis semanas em novos casos", descreveu Kluge.

"Estamos a assistir a um ressurgimento na Europa Central e Oriental. Novos casos estão também a aumentar em vários países da Europa Ocidental, onde as taxas já eram elevadas", acrescentou o diretor. 

A variante britânica do SARS-CoV-2 estava, até há uma semana, presente em 29 países da União Europeia (UE) e no Espaço Económico Europeu (EEE), num total de 10.700 casos, sendo agora responsável por mais de metade das infeções totais.

Há países com aumentos de casos bastante acentuados, como a República Checa (o pior país da UE segundo os dados de 25 de fevereiro), Estónia ou a Hungria. Outros, com aumentos mais ligeiros, como a Alemanha, Bélgica ou França. No Luxemburgo o número de casos aumentou 5% na última semana de fevereiro, confirmando a tendência de subida na Europa no geral. 

E mesmo em Portugal onde os casos têm vindo a baixar nas últimas semanas, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, admitiu que o país poderá voltar a enfrentar uma nova vaga nos próximos meses, mesmo com a atual campanha de vacinação em curso.


Sete em 27. Grande parte da UE ainda mantém os restaurantes fechados
Apenas sete dos 27 Estados-membros da UE tem os restaurantes e bares abertos. Estão todos a pelo menos duas a seis horas de distância do Luxemburgo.

Desde que o país deixou de ser o Estado da Europa com mais casos, a República Checa ocupou a posição cimeira. A 10 de fevereiro, o país tinha, em média, nos últimos sete dias, 690,45 casos por 100.000 habitantes. A 25 de fevereiro o número era de 999,37, o país, não só na UE como no mundo, com mais casos por 100.000 habitantes. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Covid-19. França à beira do terceiro confinamento
O perigo da propagação da nova variante inglesa no País levou o ministro da saúde francês a admitir a possibilidade de fechar de novo os franceses em casa "se a situação assim o exigir". Até agosto toda a população deverá estar vacinada.