Escolha as suas informações

Índia. Mais de 50 mortos devido ao calor extremo
Mundo 8 16.06.2019

Índia. Mais de 50 mortos devido ao calor extremo

Índia. Mais de 50 mortos devido ao calor extremo

Foto: AFP
Mundo 8 16.06.2019

Índia. Mais de 50 mortos devido ao calor extremo

Termómetros ultrapassaram os 50 graus no norte do país.

Pelo menos 49 pessoas morreram nas últimas 24 horas no estado de Bihar, no norte da Índia, devido a uma vaga de calor extremo. O fenónemo dura há mais de duas semanas. A maioria das vítimas eram oriundas da região de Magadh, que está a ser fortemente afetada pela seca e temperaturas de cerca de 45 graus há vários dias consecutivos.

Segundo um responsável local de saúde pública, Vijay Kumar, as dezenas de pessoas começaram a sentir-se mal no sábado à tarde tendo sido transportadas para vários hospitais da região. "A maior parte acabou por morrer no sábado ao final da tarde quando já estavam ao cuidado dos médicos", referiu à agência de notícias francesa France Presse (AFP). A maior parte das vítimas tinha mais de 50 anos.

Outras 40 pessoas foram hospitalizadas em estado semi-inconsciente com febres altas, diarreia e vómitos. O ministro-chefe do estado de Bihara anunciou uma compensação de 5 mil euros (400 mil rupias) para cada família das vítimas. 

Nas últimas duas semanas, grande parte do norte da Índia está a ser afetada por uma vaga de calor extremo com os termómetros a registarem mais de 50 graus em Rajasthan. Em 2017, os investigadores alertaram para as vagas de calor extremo no sul da Ásia, onde reside um quinto da população mundial, iriam tornar-se insupurtáveis em algumas zonas se nada fosse feito para combater os efeitos das alterações climáticas. 

Mas já em 2015 uma vaga de calor tinha vitimado cerca de 3500 pessoas na Índia e Paquistão.

AFP


Notícias relacionadas