Escolha as suas informações

NATO: EUA querem "progressos reais" nas contribuições em 2017
Mundo 20.02.2017

NATO: EUA querem "progressos reais" nas contribuições em 2017

O primeiro-ministro belga Charles Michel e o vice-presidente dos EUA Mike Pence em Bruxelas

NATO: EUA querem "progressos reais" nas contribuições em 2017

O primeiro-ministro belga Charles Michel e o vice-presidente dos EUA Mike Pence em Bruxelas
Foto: AFP
Mundo 20.02.2017

NATO: EUA querem "progressos reais" nas contribuições em 2017

Os Estados Unidos esperam dos aliados da NATO "progressos reais" até ao final do ano para aumentar o investimento em defesa até ao nível definido pela Aliança Atlântica, disse hoje o vice-Presidente norte-americano, Mike Pence.

Os Estados Unidos esperam dos aliados da NATO "progressos reais" até ao final do ano para aumentar o investimento em defesa até ao nível definido pela Aliança Atlântica, disse hoje o vice-Presidente norte-americano, Mike Pence.

"O Presidente dos Estados Unidos [Donald Trump] e o povo americano esperam que os nossos aliados cumpram a palavra e façam mais pela nossa defesa coletiva. O Presidente espera progressos reais até ao fim de 2017", disse Pence à imprensa, depois de uma reunião com o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

Os 28 países da NATO definiram em 2014 que os Estados-membros devem consagrar 2% do Produto Interno Bruto à despesa militar.

Até hoje, apenas cinco países - Estónia, EUA, Grécia, Polónia e Reino Unido - atingiram essa percentagem, o que tem sido criticado por Trump, que afirmou que os Estados Unidos vão pensar duas vezes antes de cumprir os seus compromissos se os aliados não o fizerem.

"A defesa da Europa requer tanto um compromisso da Europa como dos Estados Unidos", disse Pence, afirmando que alguns aliados não têm "uma trajetória clara e credível" para atingir aquele nível de investimento.

Os países que têm um plano de ação, "devem acelerá-lo", e os que não têm, devem definir um, disse o vice-Presidente norte-americano. "É altura de agir", disse.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Trump faz de cobranças difíceis na Cimeira da NATO
O presidente dos EUA continua os seus ataques no Twitter aos seus aliados europeus, a quem acusa de roubar os contribuintes norte-americanos, enquanto faz elogios a Vladimir Putin com quem tem encontro a 16 de julho.
OPINIÃO: O estilo Trump
Donald Trump andou pela Europa e por cá deixou a sua marca indelével, carregada de insolência e gafes. Mas cometeu dois erros graves, que nos deixam as mais fundamentadas dúvidas sobre a futura política externa dos EUA.
U.S. President Donald Trump delivers remarks at the start of the NATO summit at their new headquarters in Brussels, Belgium, May 25, 2017. REUTERS/Jonathan Ernst