Escolha as suas informações

Mulheres portuguesas andam com menos dinheiro na carteira do que os homens
Mundo 2 min. 08.04.2019 Do nosso arquivo online

Mulheres portuguesas andam com menos dinheiro na carteira do que os homens

Mulheres portuguesas andam com menos dinheiro na carteira do que os homens

Foto: Marc Wilwert
Mundo 2 min. 08.04.2019 Do nosso arquivo online

Mulheres portuguesas andam com menos dinheiro na carteira do que os homens

A esmagadora maioria dos portugueses anda sempre com dinheiro na carteira, segundo um estudo hoje divulgado, mas as mulheres têm em média menos seis euros que os homens.

Mais de 90% dos portugueses andam sempre com dinheiro na carteira e em média trazem consigo 22 euros, conclui um estudo da Mastercard hoje divulgado e feito em Portugal pela ISPOS/APEME. Mas há diferenças entre homens e mulheres e entre os mais velhos e os mais jovens.

De acordo com o estudo, 93% dos portugueses andam sempre com dinheiro na carteira, e os homens, em média, andam com mais seis euros na carteira (25,5 euros), do que as mulheres (19,6 euros). Já entre os mais jovens, a média é de 16 euros, e entre os mais velhos, a média é de 25 euros. 

Os dados fazem parte do estudo “Quanto dinheiro trazem os portugueses na carteira”, realizado durante o mês de fevereiro, através de 500 entrevistas junto de uma amostra estruturada de acordo com o perfil da população portuguesa (sexo, idade e região), com idades entre 18 e 55 anos, tendo o questionário sido aplicado 'online', resultando num maior peso de habilitações superiores e de rendimentos líquidos mensais mais elevados.

Comparativamente com o que costumavam ter na carteira há cinco anos, os mais jovens reconhecem uma evolução positiva, enquanto que os mais os mais velhos dizem que, no passado, andavam com mais dinheiro na carteira. Contudo, a maioria dos inquiridos refere que o valor pouco ou nada mudou desde há cinco anos, sinaliza o trabalho agora divulgado.

Ainda de acordo com o estudo realizado, a maioria dos portugueses (55%) costuma levantar até 20 euros, sendo que a média de levantamentos se situa nos 30 euros, com os homens a levantarem, em média, mais dinheiro (até 40 euros) do que as mulheres (até 30 euros). Os portugueses com idades entre os 44 e os 55 anos também costumam levantar em média entre 10 a 20 euros mais que os jovens.

Quanto a cartões bancários, sete em cada 10 portugueses tem apenas um cartão de débito e, em média, mais de 53% tem um cartão de crédito.

Por grupos etários, 44% dos portugueses entre os 35 e 44 anos e 23% entre os 18 e os 24 anos têm um cartão de crédito.

Apesar do dinheiro continuar a ser uma presença quase obrigatória na carteira dos portugueses, 55% dos inquiridos confirma ter um cartão com a tecnologia 'contacless' e é no sexo masculino que essa incidência é mais elevada (mais de 60%).

Dos inquiridos que confirmam ter um cartão 'contactless', 66% dizem utilizar regularmente para pagamentos até 20 euros.

(Lusa)


Notícias relacionadas

A Rádio Latina consolidou a sua liderança junto da população portuguesa aumentando para mais do dobro a distância em relação à segunda rádio mais ouvida, registando uma Audiência Acumulada de Véspera (principal indicador do mercado de rádio) de 36%.
Publicados no âmbito do 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, os dados do gabinete luxemburguês de estatísticas (Statec) revelam que sete em cada 10 portugueses residentes no Grão-Ducado nasceram em Portugal (69,4%).
Relatório do Governo sobre a emigração
Nas vésperas do mês de férias dos emigrantes, o Governo apresentou no parlamento um relatório sobre os portugueses no estrangeiro. O estudo, que excluiu os luso-descendentes, pretende ser um primeiro retrato anual sobre atual emigração portuguesa.