Escolha as suas informações

Mosela. Jornalista do Républicain Lorrain agredido por um "colete amarelo"

Mosela. Jornalista do Républicain Lorrain agredido por um "colete amarelo"

Foto: AFP
Mundo 19.01.2019

Mosela. Jornalista do Républicain Lorrain agredido por um "colete amarelo"

Um jornalista do Républicain Lorrain foi agredido por um "colete amarelo". O caso teve lugar esta sexta-feira, enquanto fazia uma reportagem sobre uma manifestação em Longeville-lès-Saint-Avold, do lado da fronteira francesa, na região da Mosela.

"Eu queria tirar uma foto daquele ajuntamento com o smartphone e um colete amarelo pôs-se a cinco centímetros da minha cara, ameaçando-me", contou o jornalista Alain Morvan à AFP. "Recusei identificar-me como jornalista, o que acabou por ser uma circunstância agravante", acrescentou.

"Você não vai fazer nenhuma foto", gritou o "colete amarelo" antes de agredir o repórter. O agressor acabaria depois por ser dominado por outros três colegas.

"Chocado psicologicamente" e hospitalizado na sexta-feira, Alain Morvan teve alta ao final da tarde.

O jornal, que qualifica o caso como "agressão insuportável", anunciou este sábado a intenção apresentar queixa.

Desde o início das manifestações em novembro, vários jornalistas têm sido regularmente atacados por "coletes amarelos". Agressões, ameaças e insultos, denuncia o secretário-geral da ONG Repórteres Sem Fronteiras, Christophe Deloire, temendo que a situação "muito grave" possa piorar.