Escolha as suas informações

Ministros da Saúde da UE discutem em Bruxelas resposta coordenada à propagação do Coronavírus
Mundo 13.02.2020

Ministros da Saúde da UE discutem em Bruxelas resposta coordenada à propagação do Coronavírus

Ministros da Saúde da UE discutem em Bruxelas resposta coordenada à propagação do Coronavírus

Foto: AFP
Mundo 13.02.2020

Ministros da Saúde da UE discutem em Bruxelas resposta coordenada à propagação do Coronavírus

Lusa
Lusa
No final do encontro está prevista a adoção de conclusões pelos 27 sobre o surto do novo coronavírus, o Covid-19.

 Bruxelas acolhe hoje uma reunião extraordinária de ministros da Saúde da União Europeia, convocada de emergência pela presidência do Conselho, na qual os 27 discutirão o reforço da coordenação ao nível europeu para prevenir a propagação do novo coronavírus.

Portugal estará representado na reunião, com início agendado para as 10:00 locais (09:00 de Lisboa), pela ministra da Saúde, Marta Temido.

De acordo com a atual presidência semestral croata do Conselho da UE, neste encontro extraordinário “os ministros terão a oportunidade de trocar pontos de vista, confirmar uma compreensão comum da situação e discutir possíveis medidas complementares para melhorar a coordenação ao nível dos sistemas de preparação e de resposta com vista a proteger a saúde pública”.

A presidência do Conselho acrescenta que esta será também “uma oportunidade para considerar uma eventual resposta conjunta da UE a situações imprevistas em países terceiros que possam afetar o mercado europeu de produtos medicinais e dispositivos médicos”.

No final do encontro está prevista a adoção de conclusões pelos 27 sobre o surto do novo coronavírus, o Covid-19 – nome que lhe foi atribuído esta semana pela Organização Mundial de Saúde -, que teve origem na China e que já infetou mais de 45 mil pessoas, na sua esmagadora maioria no continente chinês, provocando a morte a mais de 1.100.

Na terça-feira, a Comissão Europeia apelou para um reforço da “coordenação e cooperação” da comunidade internacional para fazer face ao novo coronavírus, considerando “crucial” a união de esforços para travar a sua propagação.

“Numa altura em que o surto do coronavírus afeta cada vez mais países, a coordenação e a cooperação devem ser a nossa principal preocupação. Este é o momento de unir esforços para travar esta epidemia. É crucial que toda a comunidade internacional se foque nos preparativos e esforços de resposta para lutar contra o coronavírus, tendo sempre em mente a solidariedade internacional”, declarou o comissário responsável pela Gestão de Crises, Janez Lenarcic.