Escolha as suas informações

Breves Mundo 10.02.2019

Milhares exigem libertação de presos políticos em Moscovo

Milhares de pessoas participaram hoje numa marcha em Moscovo para exigir a libertação de presos políticos, contrariando a decisão das autoridades da capital russa que não autorizaram a iniciativa.

Os participantes da marcha, convocada sob o lema “marcha da indignação das mães” e que decorreu sem incidentes, entoaram ao longo das ruas de Moscovo frases de ordem como “Liberdade para os presos políticos!" e "A Rússia será livre!".

Uma vez que a iniciativa não foi autorizada pelas autoridades de Moscovo, os organizadores decidiram transformar a manifestação num "passeio coletivo", sem cartazes ou faixas visíveis, de forma a evitar eventuais ações policiais.

Marchas e outras ações de protestos, menos expressivas, aconteceram também em outras cidades russas, como São Petersburgo, Yekaterimburgo, Oriol, Kazan e Majachkala, informou a estação russa Radio Svoboda.

Estes protestos foram desencadeados pelos processos criminais contra as ativistas Anastasia Shevchenko e Liya Milushkina, da organização não-governamental (ONG) Rússia Aberta, entidade que foi declarada “indesejável” pelas autoridades russas.

A 31 de janeiro, depois de Anastasia Shevchenko ter sido colocada em prisão domiciliária, a filha mais velha da ativista, de 17 anos, que se encontrava gravemente doente, morreu num hospital. Após vários pedidos para visitar a filha no hospital, Anastasia Shevchenko conseguiu a autorização das autoridades, mas a adolescente acabaria por morrer antes.

“Hoje, a perseguição das mulheres, das mães que querem um futuro melhor e uma melhor organização do Estado e da sociedade, tornou-se uma coisa comum”, referia a convocatória para a marcha divulgada nas redes sociais.

Uma das organizadoras da ação, a jornalista e politóloga Marina Litvinovich, manifestou-se satisfeita pela adesão das pessoas e pelo facto de a marcha ter decorrido sem incidentes.

“Com estas perseguições judiciais, as autoridades procuram acabar com qualquer indício de atividade política”, afirmou, em declarações aos jornalistas, Marina Litvinovich, ex-conselheira do magnata russo Mikhail Jodorskovski, atualmente no exílio e um dos mais acérrimos críticos do Presidente russo, Vladimir Putin.

Lusa

Breves Economia 26.06.2019

Gasóleo sobe a partir da meia-noite

O gasóleo vai subir a partir da meia-noite. A subida será de 1,3 cêntimos, para 1,1 euros.

Se quer poupar, o melhor é abastecer antes da meia-noite.

Breves Luxemburgo 26.06.2019

Ar do Luxemburgo poluído devido ao calor

A qualidade do ar que se respira no Grão-Ducado poderá agravar-se esta tarde devido ao calor intenso.

Já ontem registaram-se valores superiores aos permitidos do poluente ozono e a Administração do Ambiente prevê que os limites sejam, de novo, ultrapassados hoje, devido à onda de calor.

Níveis elevados de concentração de ozono na atmosfera têm efeitos nocivos para a saúde, que se podem manifestar através de sintomas como tosse, dores de cabeça, dores no peito, falta de ar e irritações nos olhos.

O sul do Luxemburgo está hoje sob alerta vermelho. Para o resto do país o aviso mantém-se no laranja.

Esta tarde esperam-se 37 graus e segundo o Meteolux esta quarta-feira é o dia mais quente da semana.


Breves Luxemburgo 26.06.2019

Novo eco-saco do Luxemburgo chama-se supersaco

É mais um passo na redução do número de sacos de plástico de utilização única. O Grão-Ducado já dispõe, desde esta terça-feira, de um novo saco mais ecológico: o “Superbag”.

O supersaco foi especialmente concebido pela Valorlux para embalar frutas e legumes vendidos avulso.

Agora, em vez de usar sacos de plástico e de os descartar ao fim de uma única utilização, o Superbag pode ser reutilizado para guardar frutas e legumes nas próximas compras.

Este saco suporta pesos até 4 kg e pode ser lavado à máquina e quando ficar gasto pode ser trocado por um novo nos supermercados.

Embora várias lojas já ofereçam sacos recicláveis de outras marcas, a Valorlux diz que o Superbag foi criado para sensibilizar mais os consumidores para os problemas ambientais e, ao mesmo tempo, popularizar o seu uso.

O Superbag está disponível em vários supermercados, incluindo Cactus, Auchan, Cora e Delhaize, por 35 cêntimos.

Breves Luxemburgo 26.06.2019

Mulher encontrada morta em Vianden

O corpo sem vida de uma mulher foi encontrado em Vianden, perto do rio Our.

A descoberta macabra aconteceu na terça-feira de manhã, segundo as autoridades policiais.

Sobre a identidade da vítima, a polícia revela apenas que se trata de uma “idosa”.

O Ministério Público deu ordem para que o corpo fosse autopsiado, para determinar as causas da morte.

Breves Luxemburgo 25.06.2019

Acidente provoca constrangimentos na A4

O trânsito tem estado a sofrer fortes constrangimentos na tarde desta terça-feira, na A4, em direção a Esch-sur-Alzette. Dois carros colidiram ao início da tarde, depois da entrada na autoestrada, em Leudelange, junto à estação de serviço em construção, afirmou o Automobile Club du Luxembourg ao L’essentiel.

O acidente provocou bloqueios e marcha lenta, com a fila a estender-se pouco antes das 15h30 até ao cruzamento de Cessange, a cerca de quatro quilómetros de distância. Os carros danificados ainda não foram rebocados.

Breves Luxemburgo 25.06.2019

Carros danificados em Lamadelaine

Dez automóveis foram vandalizados em Lamadelaine. Os pára-brisas foram partidos ou danificados.

Estes atos de vandalismo ocorreram entre as duas e as três da última madrugada.A polícia apela a eventuais testemunhas. Toda informação disponível deve ser comunicada à esquadra de Differdange, através do número de telefone 244 53 1000.