Escolha as suas informações

Milhares de jovens britânicos voltam a protestar contra as alterações climáticas
Mundo 13 12.04.2019

Milhares de jovens britânicos voltam a protestar contra as alterações climáticas

Milhares de jovens britânicos voltam a protestar contra as alterações climáticas

Foto: AFP
Mundo 13 12.04.2019

Milhares de jovens britânicos voltam a protestar contra as alterações climáticas

Movimento "YouthStrike4Climate" organizou protestos em diversas cidades.

Milhares de jovens marcharam em Londres e noutras cidades britânicas, manifestando-se outra vez contra as alterações climáticas, tal como sucedera nos passados dias 15 de fevereiro e 15 de março.

Os protestos, organizados pelo movimento "YouthStrike4Climate", contaram com multidões de estudantes carregando cartazes com diferentes palavras de ordem, tendo sempre no centro das atenções os alertas contra as mudanças do clima e a necessidade de os Governos agirem para as controlar e contrariar.

A 15 de março, no Luxemburgo como no mundo, centenas de milhares de jovens desfilaram em diferentes cidades, exigindo medidas para inverter a tendência de destruição do Planeta. "Para quê estudar se não temos futuro?", interrogaram-se os jovens no Grão-Ducado, num movimento que começou com três alunas portuguesas.

Nesse mesmo dia, o Governo emitiu um comunicado em que mostrava apoio às reivindicações dos jovens. Depois de uma reunião com o primeiro-ministro Xavier Bettel a 26 de março em que avisaram que os protestos iriam continuar, uma segunda marcha pelo clima está já agendada para o próximo dia 24 de maio.

Recorde-se que, no passado dia 1 de abril, enquanto o Parlamento britânico discutia pela enésima vez o Brexit, vários manifestantes invadiram as galerias e, ficando em roupa interior, manifestaram-se em defesa do clima.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Milhões marcharam pelo ambiente (fotogaleria)
O Comité das Nações Unidas para os Direitos das Crianças saudou a participação de crianças de todo o mundo nas manifestações de luta contra as alterações climáticas, apoiando que "as suas vozes sejam ouvidas e levadas em conta".
Milhares de estudantes do Grão-Ducado no protesto pelo clima
Faltaram às aulas esta sexta-feira, mas dizem que foi por uma boa causa: salvar o planeta Terra do aquecimento global. Entre 7.500, segundo a polícia, e 15.000 estudantes, segundo a organização, saíram à rua, na cidade do Luxemburgo, para exigir ações políticas contra as alterações climáticas.
O protesto arrancou às 12:30 desta sexta-feira, no Glacis, e cluminou cerca de uma hora depois na praça Guillaume II.