Escolha as suas informações

Maioria dos escoceses quer a independência
Mundo 05.08.2019

Maioria dos escoceses quer a independência

Maioria dos escoceses quer a independência

Foto: AFP
Mundo 05.08.2019

Maioria dos escoceses quer a independência

Uma sondagem da Lord Ashcroft Polls revela que 46% dos escoceses votariam pela independência contra 43% em sentido contrário. Há cinco anos, 55% dos eleitores rejeitaram a independência contra 45%.

A maioria dos eleitores votaria a favor da independência da Escócia, de acordo com uma sondagem da Lord Ashcroft Polls. Segundo o estudo de opinião, 46% dos 1019 inquiridos votariam a favor num referendo sobre a separação definitiva do Reino Unido, 43% votariam em sentido contrário. 

Esta é a primeira sondagem a dar a vitória ao “sim” à independência desde março de 2017 e coincide com a visita do novo primeiro-ministro conservador britânico, Boris Johnson, a Edimburgo, na semana passada.

Em 2014, os escoceses rejeitaram a independência em referendo por 55% contra 45% com Nicola Sturgeon, líder do Partido Nacionalista Escocês (SNP) e chefe do governo escocês, a ameaçar com nova consulta eleitoral no caso de triunfar o Brexit quando a maioria dos escoceses votou contra a saída da União Europeia em 2016.

A líder escocesa diz que o país está a ser forçado pelo Reino Unido a sair da UE sem que a maioria o deseje.

"Esta é uma sondagem fenomenal para o movimento independentista, mostrando que mais e mais pessoas acham que é tempo de a Escócia tomar as suas próprias decisões e construir o nosso próprio futuro como uma nação justa, próspera e aberta ao mundo", afirmou Sturgeon, citada pelo jornal The Scotsman.

"A independência significa ter um governo que as pessoas votaram na Escócia, que actue de acordo com os nossos interesses. Isso está em contraste com a recente experiência de governos do Reino Unido, incapazes ou sem vontade de agir com os nossos interesses em mente", acrescentou.

Na sondagem de Lord Ashcroft, 47% defenderam outro referendo sobre a independência no espaço de dois anos, enquanto 45% disseram que não. A maioria das posições contrárias são conservadoras, já a maioria dos que são a favor pertencem ao SNP.

Questionados sobre qual acreditam que seria o resultado de um referendo (independentemente da escolha que possam fazer), 52% disseram acreditar que a Escócia votaria para ser independente, enquanto 30% disseram que não.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas