Escolha as suas informações

Lula da Silva anuncia que vai respeitar ordem de prisão
Mundo 12 07.04.2018

Lula da Silva anuncia que vai respeitar ordem de prisão

Lula da Silva anuncia que vai respeitar ordem de prisão

Lula da Silva anuncia que vai respeitar ordem de prisão

Lula da Silva anuncia que vai respeitar ordem de prisão
Foto: AFP
Mundo 12 07.04.2018

Lula da Silva anuncia que vai respeitar ordem de prisão

O ex-Presidente do Brasil Lula da Silva disse hoje que vai respeitar a ordem de prisão decretada pela justiça brasileira, que o condenou a 12 anos de cadeia por corrupção.

"Eu vou atender o mandado [de prisão] deles. (...) Eu vou cumprir o mandado e todos vocês daqui para frente vão virar Lula. A morte de um combatente não pára a revolução" disse Lula da Silva, num discurso perante apoiantes seus em São Bernardo do Campo, no Estado de São Paulo, nas imediações do edifício do Sindicato dos Metalúrgicos, em que reafirmou a sua inocência.

Lula da Silva está em São Bernardo do Campo, no edifício do Sindicato dos Metalúrgicos, desde quinta-feira, após ter sido decretada a sua prisão, pelo juiz Sérgio Moro, responsável pela operação Lava Jato. No local concentraram-se centenas de pessoas, entre as quais a ex-Presidente Dilma Rousseff.

O ex-Presidente brasileiro foi condenado em duas instâncias da Justiça num processo da Operação Lava Jato em que foi acusado de receber um apartamento de luxo da construtora OAS em troca de favorecer os contratos da empresa com a estatal brasileira Petrobras.

Lula da Silva falou após uma missa celebrada em homenagem à sua falecida esposa, Marisa Letícia Lula da Silva, nas imediações do edifício do Sindicato dos Metalúrgicos, onde iniciou a sua vida política.

Ontem, durante uma conversa telefónica com o jornal brasileiro Folha de São Paulo, o antigo chefe de Estado e ex-líder do Partido dos Trabalhadores afirmou que não ia entregar-se à Polícia Federal.




Notícias relacionadas

Lula da Silva considera mandado de prisão absurdo
O ex-Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva considerou "absurdo" o mandado de prisão de que é alvo e acusou o juiz Sérgio Moro "de sonhar" com a sua detenção, disse numa entrevista à rádio CBN, nesta sexta-feira.
(FILES) In this file photo taken on April 24, 2017 former Brazilian President (2003-2010) Luiz Inacio Lula da Silva gestures during a seminar on "Strategies for the Brazilian Economy" promoted by the Workers' Party in Brasilia.
Brazil's former president and current election frontrunner Luiz Inacio Lula da Silva looked increasingly likely to face prison on April 04, 2018  after five out of eleven judges of the divided Supreme Court voted against allowing him to delay a sentence for corruption. / AFP PHOTO / EVARISTO SA