Escolha as suas informações

Kiev entrega resposta a formulário de Bruxelas sobre adesão à UE
Mundo 18.04.2022
Ucrânia

Kiev entrega resposta a formulário de Bruxelas sobre adesão à UE

Ucrânia

Kiev entrega resposta a formulário de Bruxelas sobre adesão à UE

Foto: Michael Fischer/dpa
Mundo 18.04.2022
Ucrânia

Kiev entrega resposta a formulário de Bruxelas sobre adesão à UE

Lusa
Lusa
Há 10 dias, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, prometeu ao Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, a concretização “em semanas” de um relatório sobre a candidatura do país de adesão à UE.

A Ucrânia entregou hoje a sua resposta formal ao questionário da Comissão Europeia sobre eventual adesão à União Europeia (UE), anunciou o chefe da delegação comunitária em Kiev, considerando que “tempos extraordinários exigem uma velocidade extraordinária”.

“Mais um passo no caminho da Ucrânia na UE. Honrado por receber do Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, as respostas ao questionário da Comissão Europeia, que foi entregue pela presidente Ursula Von der Leyen há apenas 10 dias”, anunciou o chefe da delegação comunitária em Kiev, Matti Maasikas.

Numa publicação na rede social Twitter, acompanhada por várias fotografias do momento da entrega em mão da resposta formal de Ucrânia às questões de Bruxelas sobre a eventual adesão à UE, Matti Maasikas adianta que “tempos extraordinários obrigam a passos extraordinários e a uma velocidade extraordinária”.

  "Este é um passo importante para chegar à UE”  

Há 10 dias, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, prometeu ao Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, a concretização “em semanas” de um relatório sobre a candidatura do país de adesão à UE.

“Este é um passo importante para chegar à UE”, disse na altura Von der Leyen a Zelensky, quando lhe entregava o documento com as perguntas, necessárias para o início do processo, numa conferência de imprensa no palácio presidencial de Kiev.

“Aqui começa o caminho em direção à UE”, prometeu a chefe do executivo comunitário, ao garantir ao chefe de Estado ucraniano que a análise da candidatura por parte da Comissão “não vai ser, como sempre, uma questão de anos, mas antes de semanas”.

O Presidente ucraniano, por seu turno, assegurou que Kiev iria responder às perguntas colocadas por Bruxelas “o mais depressa possível”.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

“A Comissão Europeia seguirá em frente neste caminho”, adiantou, anunciando ainda que informou Zelensky sobre “o desembolso de uma segunda tranche de cerca de 300 milhões de euros de assistência macrofinanceira à Ucrânia”.