Escolha as suas informações

"Janja" da Silva. Quem é a misteriosa nova primeira-dama do Brasil?
Mundo 27 6 min. 03.11.2022
Presidência do Brasil

"Janja" da Silva. Quem é a misteriosa nova primeira-dama do Brasil?

Rosângela e Lula da Silva são o novo casal presidencial brasileiro.
Presidência do Brasil

"Janja" da Silva. Quem é a misteriosa nova primeira-dama do Brasil?

Rosângela e Lula da Silva são o novo casal presidencial brasileiro.
Foto: AFP
Mundo 27 6 min. 03.11.2022
Presidência do Brasil

"Janja" da Silva. Quem é a misteriosa nova primeira-dama do Brasil?

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
Rosângela e Lula da Silva estão finalmente em lua-de-mel, após a vitória do petista. Do amor nascido na prisão ao Palácio do Planalto, a vida e as causas da nova primeira-dama que promete ser muito ativa na presidência do Brasil.

Rosângela da Silva, ou "Janja" como se apresentou ao público, e Lula da Silva casaram-se em maio passado, mas a lua-de-mel foi sendo sucessivamente adiada por causa da campanha eleitoral renhida. Finalmente, após a vitória de Lula da Silva no sábado passado, que o coloca pela terceira vez à frente dos destinos do Brasil, o casal presidencial pode fugir para desfrutar três dias de descanso num refúgio paradisíaco em Caraíva, no sul da Bahia, considerado um dos resorts mais exclusivos das praias brasileiras. Depois irão preparar-se para reger os destinos do Brasil a partir de 1 de janeiro de 2023, quando se inicia o mandato presidencial.

O casal tinha planeado uns dias de férias a dois, antes do início da campanha para a segunda volta das presidenciais. Contudo, após o resultado da primeira volta - em que Lula da Silva venceu com 48,4% dos votos, contra 43,2% do ainda presidente Jair Bolsonaro - Lula e "Janjinha", como o marido lhe chama, decidiram adiar o descanso, e partir logo à conquista dos eleitores brasileiros para destronar Bolsonaro e levar o petista a tornar-se, pela terceira vez, presidente dos brasileiros.


Apoiantes de Jair Bolsonaro bloqueiam centenas de estradas no Brasil
Desde a madrugada de segunda-feira, grupos de camionistas bloquearam várias rodovias do país por não aceitarem o resultado das eleições.

Rosângela da Silva, socióloga de 56 anos, foi uma das figuras fundamentais e mais destacadas de toda a campanha do marido, sempre a seu lado, ajudando-o até a virar as páginas dos discursos, e coordenando a ponte com o mundo artístico e cultural brasileiro. Chico Buarque, padrinho de casamento de "Janja", Gilberto Gil, Caetano Veloso, Daniela Mercury, Milton Nascimento ou Anitta, entra tantos outros, declararam publicamente o apoio ao candidato do Partido dos Trabalhadores e ajudaram-no a ganhar eleitores. 

Nas comemorações da vitória da segunda volta, ganha pelos votos de dois milhões de brasileiros, que permitiram chegar aos 50,8% dos votos contra 48,3% de Bolsonaro, Rosângela da Silva era a pessoa mais feliz da comitiva, saltando eufórica no trio elétrico, na Avenida Paulista, ao ponto do marido lhe pedir para ter cuidado, não fosse magoar-se.

Amor nascido na prisão

"Janja" surgiu na vida do próximo presidente brasileiro num dos períodos mais duros da sua vida. Em fevereiro de 2017, Lula perdeu a sua esposa, Marisa Letícia, a mãe dos seus três filhos e de Marco Cláudio, fruto de uma anterior relação e que Lula aperfilhou. A companheira de vida de 30 anos de Lula faleceu vítima de um acidente vascular cerebral, deixando-o de rastos. Foi a segunda vez que ficou viúvo: A sua primeira mulher, Lurdes, com quem se casou em 1969 viria a falecer devido a uma hepatite contraída no oitavo mês de gravidez. Lurdes e o bebé não sobreviveram.

“Eu aprendi. Eu aprendi que quando você perde a tua mulher e você pensa que a vida não tem mais sentido, quando você pensa que tudo acabou, aparece uma pessoa que começa a dar sentido à vida outra vez. Estou apaixonado como se eu tivesse 20 anos de idade, como se fosse minha primeira namorada. Vou casar da forma mais tranquila possível e vou fazer a campanha feliz”, declarou Lula da Silva sobre "Janja", numa entrevista à Revista Time, em maio deste ano.


"Abraçamos-te, irmão". Mundo reage a vitória de Lula no Brasil
Lula da Silva volta a ser Presidente da República, 12 anos anos, ao derrotar Jair Bolsonaro no domingo passado. O mundo já reagiu à eleição mais importante da história recente do Brasil.

Em fevereiro, Lula fica viúvo, e em julho de 2017, é condenado a nove anos e seis meses de prisão, por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no âmbito da investigação Lava Jato. O condenado sempre se declarou inocente. Em abril de 2018, Lula entrega-se e vai para prisão.

Pouco antes da detenção, começou a despontar o amor entre Rosângela, filiada desde os 17 anos no Partido dos Trabalhadores e militante ativa, e o líder histórico do PT, vindo a ganhar força durante os 18 meses de cativeiro de Lula da Silva. Contudo, os dois já se conheciam desde as caravanas da cidadania, em 1990.

Durante a prisão, "Janja" era uma figuras mais presentes nas vigílias em frente à cadeia de Curitiba pedindo a liberdade do mais famoso prisioneiro. Os dois trocaram 580 cartas durante a prisão de Lula, todos os dias Lula recebia uma missiva de Rosângela e lhe respondia. A correspondência era entregue e devolvida pelos amigos que visitavam Lula na prisão. Sempre que podia, "Janja" visitava-o e entregava “comidinha todas as noites” para o ex-presidente, como o próprio contou numa entrevista a um podcast. “Escrevemos um ao outro 580 cartas, ainda as guardo comigo. Foi graças a este amor que saí da prisão sem ódio”, declarou Lula numa visita a Paris, em 2020. Também Rosângela já chegou a ler publicamente duas das missivas trocadas com o seu marido, quando este estava na prisão.

O beijo da liberdade

A relação entre os dois manteve-se secreta até o antigo sindicalista e metalúrgico sair da prisão. No dia em que foi libertado, a 8 novembro de 2019, Lula apresentou Rosângela à multidão que o aguardava em frente à Prisão de Curitiba, com uma faixa “Lula é inocente”. Um beijo apaixonado dos dois selou o seu amor e tornou o romance público. Por amor, terminava ali a vida de anonimato da militante do PT, nascida em União de Vitória, no estado do Paraná e residente em Curitiba. Já com "Janja" ao seu lado, aquele que se tornou o primeiro presidente do Brasil condenado foi, finalmente, declarado inocente, em março de 2021, após a anulação das condenações pelo Supremo Tribunal brasileiro.


Lula, o líder progressista aclamado e odiado por milhões
Lula da Silva volta a governar o Brasil, 20 anos depois do primeiro mandato.

Desde então, nunca mais se separaram. Até agora, Rosângela da Silva primou pela descrição sobre a sua vida, escolhendo a sua conta de Instagram para divulgar momentos importantes da vida do casal, como o dia do matrimónio, a 18 de maio deste ano, onde publicou fotos com o seu vestido de noiva. O casamento foi realizado numa cerimónia privada em São Paulo, contando com inúmeros artistas entre os convidados. Chico Buarque foi o padrinho da noiva, que escolheu um vestido branco, bordado à mão e assinado pela designer brasileira Helô Rocha.

A 1 de janeiro de 2023, Rosângela e Lula da Silva mudar-se-ão para o Palácio do Planalto, onde o petista se tornará pela terceira vez presidente do Brasil, depois da primeira vitória em 2003 e reeleição que o manteve no cargo até 2011.

Rosângela da Silva já anunciou que não será uma primeira-dama na sombra.  “Vamos tentar dar novo significado a esse conceito de primeira-dama”, declarou a socióloga numa das manifestações, na véspera da primeira volta das eleições.

As batalhas de "Janja"

Ao longo da campanha eleitoral, a socióloga foi revelando as causas que lhe são mais queridas e pelas quais promete lutar, como a violência doméstica, segurança alimentar, os direitos das mulheres negras, o acesso à saúde, os direitos da comunidade LGBT+, a sustentabilidade ou a causa animal.


Lula da Silva eleito Presidente do Brasil também no Luxemburgo
Lula Inácio da Silva venceu a segunda volta das eleições Presidenciais brasileiras também no Luxemburgo.

Para Lula da Silva, o apoio da mulher é fundamental neste terceiro mandato presidencial. Orgulhoso, o futuro presidente do Brasil já declarou que a sua mulher é “muito politizada”, tem uma “cabeça boa” e é “muito feminista”.

"Graças a Deus estou aqui firme e forte, amando outra vez, apaixonado pela minha mulher. É ela que vai me dar força para enfrentar todos os obstáculos", declarou Lula da Silva para a multidão que o escutava, no passado domingo, em São Paulo, um dia após a vitória. Rosângela da Silva estava ao seu lado, como sempre.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas