Escolha as suas informações

Itália: Não há registo de vítimas mortais no sismo
A Rieti, un hôpital a dû être évacué.

Itália: Não há registo de vítimas mortais no sismo

Photo: Reuters
A Rieti, un hôpital a dû être évacué.
Mundo 30.10.2016

Itália: Não há registo de vítimas mortais no sismo

A Proteção Civil italiana disse não ter até ao início da manhã registos de vítimas mortais no terramoto que abalou hoje o centro de Itália e provocou derrubamentos de casas e feridos.

A Proteção Civil italiana disse não ter até ao início da manhã registos de vítimas mortais no terramoto que abalou hoje o centro de Itália e provocou derrubamentos de casas e feridos.

Foto: Reuters

"No momento [início da manhã], não temos nenhuma informação sobre vítimas mortais. Há feridos e nós estamos no local a verificar”, afirmou aos jornalistas o chefe da Proteção civil, Fabrizio Curcio, em Rieti, uma cidade localizada próxima do epicentro.

O sismo de magnitude 6,5 na escala de Richter, com profundidade de 10 quilómetros, ocorreu às 07h44 (06h44 em Lisboa) e fez derrubar várias casas afetadas por sismos anteriores, mas parece não ter causado vítimas.

O terramoto também foi sentido com intensidade em outras cidades italianas como Florença ou Roma, adianta a Efe.

O sismo ocorreu quatro dias depois de dois outros fortes terramotos terem atingido a mesma região do país e dois meses depois de, em 24 de agosto, um outro de magnitude seis na escala de Richter ter causado a morte de 297 pessoas e a devastação de localidades históricas como Amatrice.

O Governo italiano anunciou na quinta-feira que ia disponibilizar 40 milhões de euros para ajudar as pessoas afetadas pelos dois fortes sismos de magnitude superior a cinco na escala de Richter que abalaram na quarta-feira o centro de Itália.

 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Lácio: Sobe para 247 número de mortos no sismo em Itália
A Protecção Civil de Itália elevou esta madrugada para 247 o número de mortos na sequência do terramoto de magnitude 6,2 na escala de Richter que devastou várias localidades no centro do país. O número de mortos deverá continuar a subir, segundo as autoridades italianas.
Rescue and emergency services personnel searches for victims with a dog in the central Italian village of Amatrice, on August 24, 2016 after a powerful earthquake rocked central Italy.
A powerful earthquake rattled a remote area of central Italy on August 24, 2016, leaving at least 120 people dead and scenes of carnage in mountain villages. With 368 people injured and an unknown number trapped under rubble, the figure of dead and wounded was expected to rise in the wake of the pre-dawn quake, Prime Minister Matteo Renzi warned.
 / AFP PHOTO / FILIPPO MONTEFORTE