Escolha as suas informações

Irão promete resposta ao assassinato de cientista nuclear
Mundo 30.11.2020

Irão promete resposta ao assassinato de cientista nuclear

Irão promete resposta ao assassinato de cientista nuclear

Foto: AFP
Mundo 30.11.2020

Irão promete resposta ao assassinato de cientista nuclear

Autoridades acusam Israel e Estados Unidos de estarem por trás do atentado terrorista.

Teerão irá responder ao assassinato do destacado cientista nuclear iraniano Mohsen Fakhrizadeh, que foi assassinado na sexta-feira perto da capital, prometeu Kamal Kharrazi, um conselheiro superior do líder supremo do Irão.

"Sem dúvida, o Irão dará uma resposta calculada e decisiva aos criminosos que levaram o mártir Mohsen Fakhrizadeh da nação iraniana", afirmou Kharrazi, que é também chefe do Conselho Estratégico para as Relações Exteriores, numa declaração.

Fakhrizadeh, considerada por muitos o pai do programa nuclear do Irão, foi assassinado na cidade de Absard, a cerca de 60 quilómetros de Teerão. Os atacantes detonaram um veículo com explosivos para bloquear a estrada antes de abrirem fogo sobre o carro em que viajava.

Fakhrizadeh foi levado de helicóptero para um hospital, onde morreu devido aos seus ferimentos. Teerão considerou o ato um ataque terrorista e lançou suspeitas sobre o envolvimento de Telavive e Washington no ataque.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Mais de 24 mortos num atentado no Irão
Um comando terrorista disparou contra um desfile militar a assinalar a expulsão das tropas iraquianas do Irão, deixando numerosos mortos, entre militares, civis e crianças que assistiam ao desfile. O governo iraniano acusa a Arábia Saudita de estar por detrás do atentado.