Escolha as suas informações

Irão. EUA estão "isolados" após decisão da ONU sobre sanções
Mundo 26.08.2020

Irão. EUA estão "isolados" após decisão da ONU sobre sanções

Irão. EUA estão "isolados" após decisão da ONU sobre sanções

Foto: AFP
Mundo 26.08.2020

Irão. EUA estão "isolados" após decisão da ONU sobre sanções

O ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohamad Yavad Zarif, considerou que os Estados Unidos estão "novamente isolados" após a decisão do Conselho de Segurança da ONU de não aceitar a seu pedido de restabelecimento de sanções ao Irão.

"O assédio ilegal do Secretário de Estado Mike Pompeo deixa os EUA isolados novamente", escreveu o chefe da diplomacia iraniana na sua conta no Twitter, citado pela agência de notícias EFE.

Zarif disse que é hora do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, "parar de ouvir os valentões novatos", referindo-se a Pompeo.

Na sua mensagem, referiu que os países participantes da reunião de terça-feira da Organização das Nações Unidas sobre o Médio Oriente "rejeitaram a tentativa dos EUA [de restabelecer as sanções]".

A Indonésia, que neste mês detém a presidência rotativa do Conselho de Segurança, disse que não planeia tomar qualquer medida em relação ao pedido dos Estados Unidos de restabelecer as sanções ao Irão devido à falta de consenso no órgão.

Mike Pompeo apresentou um procedimento perante a ONU na semana passada para recuperar as sanções internacionais contra Teerão que foram levantadas com o acordo nuclear de 2015, argumentando que o governo iraniano violou as suas obrigações.

A maioria do Conselho de Segurança - incluindo os países com direito de veto - considera que Washington não tem o direito de usar esse mecanismo, porque abandonou o pacto em 2018.

No entanto, não há total clareza sobre o que acontecerá, uma vez que os Estados Unidos insistem que podem implementar a cláusula que permite o retorno automático das sanções caso o Conselho de Segurança não aprove em 30 dias uma resolução nesse sentido.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Estados Unidos voltam a aplicar sanções ao Irão esta segunda-feira
Manifestações em Teerão assinalaram o aniversário da invasão da antiga embaixada norte-americana em 1979. Bandeiras dos EUA e de Israel foram queimadas enquanto se gritavam palavras de ordem contra os dois países considerados inimigos. Hoje entram em vigor as sanções dos Estados Unidos.
Queimaram-se bandeiras dos EUA e de Israel em manifestações na cidade de Teerão.