Escolha as suas informações

Instituto espanhol assinala 21 abalos sísmicos na área do vulcão Cumbre Vieja
Mundo 02.10.2021
Vulcão Cumbre Vieja

Instituto espanhol assinala 21 abalos sísmicos na área do vulcão Cumbre Vieja

Vulcão Cumbre Vieja

Instituto espanhol assinala 21 abalos sísmicos na área do vulcão Cumbre Vieja

Foto: AFP
Mundo 02.10.2021
Vulcão Cumbre Vieja

Instituto espanhol assinala 21 abalos sísmicos na área do vulcão Cumbre Vieja

Lusa
Lusa
A altura da coluna de cinzas e gases emitidos pela erupção atingia hoje ao início da manhã 4.500 metros, um valor ligeiramente inferior ao de sexta-feira.

O Instituto Geográfico espanhol localizou nas últimas 24 horas 21 abalos sísmicos devido à erupção do vulcão Cumbre Vieja, nas Canárias, dois deles sentidos pela população.

A magnitude máxima registada foi de 3,6, correspondente a um sismo sentido às 14:13 de sexta-feira. Foram ainda localizados dois sismos a profundidades de cerca de 30 quilómetros e um abalo superficial na zona próxima da boca da erupção.

O vulcão Cumbre Vieja situa-se na ilha de La Palma, uma das que integram o arquipélago espanhol das Canárias, situado no oceano Atlântico, a oeste da costa de Marrocos.


Lava que caiu no mar de vulcão nas Canárias já aumentou a ilha em mais de 20 hectares
O vulcão emitiu 80 milhões de metros cúbicos de material desde que começou a sua erupção, avançou o presidente da região espanhola das Ilhas Canárias, Ángel Víctor Torres.

A erupção do vulcão começou em 19 de setembro e obrigou mais de 6.000 pessoas a abandonarem as suas casas.

Até ao momento, não se registaram feridos ou mortos.

A lava destruiu 656 edifícios e cobriu 268 hectares na ilha, de acordo com o sistema de medição geoespacial Copernicus da União Europeia.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou hoje em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. As autoridades espanholas preveem retirar das zonas de La Palma mais expostas à erupção do vulcão Cumbre Vieja,, entre 5.000 e 10.000 pessoas, anunciou hoje a Guardia Civil.