Escolha as suas informações

Inglaterra. Bomba da Segunda Guerra Mundial provoca danos em várias casas
Mundo 01.03.2021

Inglaterra. Bomba da Segunda Guerra Mundial provoca danos em várias casas

Inglaterra. Bomba da Segunda Guerra Mundial provoca danos em várias casas

Foto: Ministry Of Defence/PA Media/d
Mundo 01.03.2021

Inglaterra. Bomba da Segunda Guerra Mundial provoca danos em várias casas

Depois da descoberta, o explosivo de 1.000 kg foi objeto de uma detonação controlada que obrigou à evacuação de várias famílias em Exeter.

A bomba da Segunda Guerra Mundial foi descoberta na sexta-feira de manhã perto do campus da Universidade de Exeter. Com 1.000 kg, o explosivo Hermann lançado pelos nazis obrigou as autoridades a isolarem a área com um cordão num raio de 100 metros que acabou por ser alargado a 400 no sábado a pedido da equipa de eliminação de bombas da Marinha Real.

Os residentes de cerca de 2.600 propriedades nas proximidades da estrada de Glenthorne, incluindo 1.400 estudantes universitários, tiveram de ser evacuados na sexta-feira e no sábado.

A detonação controlada do dispositivo teve lugar às 18.10h de sábado, com a explosão ouvida a quilómetros. Para mitigar o impacto da explosão, cerca de 400 toneladas de areia foram transportadas para o local e foram erguidas paredes pelos especialistas em eliminação de bombas e por soldados Royal Logistic Corps.

"No entanto, infelizmente, foram causados danos estruturais a alguns edifícios, principalmente dentro do cordão de 100 metros, incluindo janelas rebentadas e fissuras em tijolos", afirmou ao The Guardian, um porta-voz da polícia de Devon e Cornwall.

"Estão a ser feitos todos os esforços esta manhã para assegurar que as avaliações estruturais sejam realizadas o mais rapidamente possível, para que os residentes possam regressar a casa ainda hoje", acrescentou o mesmo responsável no domingo.

A polícia afirmou que o impacto da explosão tinha sido significativo, com detritos atirados a pelo menos 250 metros e resultando numa cratera do tamanho de um autocarro de dois andares.

A Universidade de Exeter pediu aos estudantes que não regressassem às suas residências no sábado para permitir a realização de avaliações de segurança.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.