Escolha as suas informações

Independentistas catalães cortam fronteira com França
Mundo 11.11.2019

Independentistas catalães cortam fronteira com França

Independentistas catalães cortam fronteira com França

Foto: AFP
Mundo 11.11.2019

Independentistas catalães cortam fronteira com França

Centenas de pessoas e veículos estão a bloquear desde manhã a auto-estrada que separa a Catalunha de França.

A plataforma independentista catalã "Tsunami Democrático" cortou hoje a auto-estrada AP7 junto à fronteira entre a Catalunha e a França para "forçar a Espanha a negociar". Numerosos veículos bloqueiam a passagem fronteiriça nos dois lados depois de, através das redes sociais esta plataforma ter apelado aos catalães para se dirigirem para a fronteira de Jonquera, "de carro e a pé" para cortar esta artéria central que liga a Catalunha ao sul de França.

Há mais de um mês que o “Tsunami Democrática” antecipava ações para os três dias seguintes às eleições legislativas espanhóis que se realizaram este domingo. O guião é outra vez o mesmo: o modus operandis que levou à invasão do aeroporto de Barcelona que deixou as autoridades atónitas perante uma avalanche de dezenas de milhares de pessoas que bloqueou o complexo como resposta à pesada sentença de prisão contra vários ex-governantes e líderes independentistas. Através de uma aplicação à qual só se pode aceder por convite, foram dadas instruções nos últimos dias para que os independentistas se preparassem para vários dias de ações a anunciar. Roupas quentes, água, lanternas, sacos de cama e tendas foram alguns dos acessórios que a plataforma recomendou para os três dias que começam hoje.

De acordo com a convocatória" que está a ser difundida, em catalão e inglês, o corte da estrada da fronteira é um protesto para "alertar a comunidade internacional" sobre os condenados do Processo independentista catalão e forçar "Madrid a negociar".

No passado sábado, dia de reflexão eleitoral, o "Tsunami Democrático" organizou uma série de concertos de protesto contra o Estado espanhol no centro da cidade de Barcelona que reuniu milhares de pessoas. Paralelamente, no dia de reflexão, uma marcha dos Comités de Defesa da República mobilizaram centenas de jovens numa marcha na zona central da capital catalã que acabou por ser dispersada após uma carga da Polícia Nacional.

Com Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.