Escolha as suas informações

Homenagem às vítimas do ataque às mesquitas na Nova Zelândia
Mundo 12 17.03.2019

Homenagem às vítimas do ataque às mesquitas na Nova Zelândia

Homenagem às vítimas do ataque às mesquitas na Nova Zelândia

Foto: AFP
Mundo 12 17.03.2019

Homenagem às vítimas do ataque às mesquitas na Nova Zelândia

Lágrimas e ações de solidariedade estendem-se da comunidade de Christchurch à Austrália.

A população de Christchurch, na Nova Zelândia, está em choque com o ataque a duas mesquitas que causou 50 vítimas mortais na sexta-feira. Por entre a visível emoção, centenas de pessoas têm depositado flores perto dos locais onde o australiano Brenton Tarrant disparou de forma indiscriminada contra quem estava em oração. Outras trazem mensagens escritas e há também quem ainda procure familiares que continuam desaparecidos.

Mas as homenagens não se limitam à comunidade local nem aos cidadãos neozelandeses. A Ópera de Sydney, na Austrália, também deixou a sua homenagem às vítimas, iluminando-se com o símbolo da Nova Zelândia.

Entretanto, a primeira-ministra Jacinda Ardern revelou que o manifesto escrito pelo atacante chegou ao seu gabinete e a diversos parlamentares "poucos minutos antes" do tiroteio. "Fui uma das 30 destinatárias do manifesto que nos chegou por e-mail nove minutos antes do ataque. Não continha qualquer indicação sobre o local onde tudo iria acontecer", explicou, citada pelo diário The Guardian. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas