Escolha as suas informações

Governo grego vai à cimeira europeia com objetivo de chegar a acordo
Alexis Tsipras, o primeiro-ministro grego

Governo grego vai à cimeira europeia com objetivo de chegar a acordo

AFP
Alexis Tsipras, o primeiro-ministro grego
Mundo 20.06.2015

Governo grego vai à cimeira europeia com objetivo de chegar a acordo

O ministro grego de Estado responsável pela coordenação do trabalho governamental, Alekis Flaburaris, afirmou hoje que o seu Governo irá à cimeira europeia de segunda-feira com o objetivo de chegar a um acordo com as instituições.

O ministro grego de Estado responsável pela coordenação do trabalho governamental, Alekis Flaburaris, afirmou hoje que o seu Governo irá à cimeira europeia de segunda-feira com o objetivo de chegar a um acordo com as instituições. 

“A cimeira é positiva. É nesse contexto que procuramos levar a discussão ao nível mais alto”, disse Flaburaris em declarações à estação de televisão privada Mega. 

Alekis Flaburaris destacou que na segunda-feira “pode não haver acordo, desde logo, mas isso não significará a saída" do euro. 

O ministro grego fez referência a uma nova proposta que o Governo grego estará a preparar e adiantou que, durante a tarde de hoje, poderá haver uma conversa telefónica entre o primeiro-ministro Alexis Tsipras, e o presidente da Comissão Europeia (CE), Jean-Claude Juncker, como preparação do encontro europeu. O governante reiterou que o pacto entre a Grécia e as chamadas instituições (CE, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) deve incluir necessariamente a restruturação da divida e a flexibilização fiscal. 

Questionado sobre o que fará o Governo grego se as negociações não chegarem a bom termo, Flaburari apontou que o primeiro-ministro deverá consultar o povo grego através de um referendo. O ministro grego realçou, contudo, que haverá sempre espaço para um acordo, mas precisou que, uma possível saída da Grécia “custará mais aos europeus do que aos gregos, porque os gregos já aprenderam a viver em condições difíceis”. 

Alexis Tsipras chega hoje a Atenas depois de uma viagem de dois dias a São Petersburgo, na Rússia, onde assistiu a um fórum económico.  


Notícias relacionadas

EDITORIAL: Des(união) europeia
Por Paula Telo Alves - A leviandade com que os líderes europeus têm estado a lidar com a Grécia faz lembrar uma velha anedota judaica. Dois judeus viajam a bordo do Titanic quando o barco começa a afundar-se. Os dois conseguem lugar num bote salva-vidas, mas um deles chora desesperadamente. “Mas estás a chorar porquê?”, pergunta-lhe o outro. “Por acaso o barco é teu?”.
A man collects items for recycling past a political graffiti in Athens, Greece June 30, 2015. The head of the European Commission made a last-minute offer to try to persuade Greek Prime Minister Alexis Tsipras to accept a bailout deal he has rejected before a referendum on Sunday which EU partners say will be a choice of whether to stay in the euro.  The word painted over the European Union flag reads, "No".  REUTERS/Yannis Behrakis      TPX IMAGES OF THE DAY