Escolha as suas informações

G20 chega a acordo para uma declaração comum sobre o clima
Mundo 08.07.2017 Do nosso arquivo online

G20 chega a acordo para uma declaração comum sobre o clima

Cimeira do G20 ficou marcado por manifestações e pela saída dos EUA dos acordos de Paris

G20 chega a acordo para uma declaração comum sobre o clima

Cimeira do G20 ficou marcado por manifestações e pela saída dos EUA dos acordos de Paris
AFP
Mundo 08.07.2017 Do nosso arquivo online

G20 chega a acordo para uma declaração comum sobre o clima

Os países do G20 chegaram a um compromisso sobre o clima para evitar uma rutura definitiva com os Estados Unidos após o anúncio da sua saída dos acordos de Paris, segundo o comunicado final.

Os países do G20 chegaram a um compromisso sobre o clima para evitar uma rutura definitiva com os Estados Unidos após o anúncio da sua saída dos acordos de Paris, segundo o comunicado final.

O comunicado final foca-se, em parte, na desvinculação dos EUA destes acordos visando a luta contra as alterações climáticas, que são qualificadas como “irreversíveis”.

Segundo noticia a AFP, foi uma forma de isolar os EUA neste assunto: “Regozijo-me muito que todos os outros chefes de Estado e governo” mantenham os acordos de Paris, declarou à imprensa a chanceler alemã Angela Merkel, anfitriã da cimeira.

Ao mesmo tempo, os Estados Unidos, liderado por Donald Trump, fizeram uma concessão.

A declaração final diz que os Estados Unidos vão “esforçar-se para trabalhar estreitamente com outros parceiros para facilitar o seu acesso e a utilização mais apropriada e eficaz das energias fósseis e os ajudar a desenvolver energias renováveis e outras fontes de energia limpa”.

Esta passagem cria uma situação inédita no G20, que valida assim o facto de um dos seus membros poder desenvolver uma política individual, contra a corrente dos outros membros.

PR francês anuncia nova cimeira sobre o clima e espera “convencer” Trump

Foto:AFP

O Presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou a realização a 12 de dezembro de uma cimeira sobre o clima e espera “convencer” o seu homólogo norte-americano, Donald Trump, a mudar de opinião.

“A 12 de dezembro próximo, dois anos após a entrada em vigor do acordo de Paris, reunirei uma nova cimeira para encetar novas ações pelo clima, nomeadamente sobre o plano financeiro”, disse Emmanuel Macron na conferência de imprensa após o encerramento da Cimeira do G20.

O Presidente de França sublinhou que “espera” poder ainda “convencer” o seu homólogo norte-americano, Donald Trump, de voltar a atrás na sua decisão de abandonar o Acordo de Paris sobre a luta contra o aquecimento global.

Assegurando que não “desesperará jamais de convencer” Donald Trump, o Presidente francês encerrou a conferência afirmando: “Confirmo-vos, pois, que espero convencê-lo”.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas