Escolha as suas informações

França. Doze pessoas fugiram do centro de detenção de Metz
Mundo 15.09.2022
Polícia

França. Doze pessoas fugiram do centro de detenção de Metz

Polícia

França. Doze pessoas fugiram do centro de detenção de Metz

Foto: DR
Mundo 15.09.2022
Polícia

França. Doze pessoas fugiram do centro de detenção de Metz

AFP
AFP
Um dos fugitivos foi recapturado na quarta-feira à noite pela polícia e encontra-se atualmente "sob observação" no hospital.

Uma dúzia de pessoas fugiu na quarta-feira à noite do centro de detenção administrativa de Metz-Queuleu e continua a ser procurada pelas forças de segurança, informaram a prefeitura e o Ministério Público da Moselle esta quinta-feira.

"Estão a ser tomadas medidas para procurar os indivíduos", acrescentou a prefeitura.

Foi aberto um inquérito na quarta-feira à noite por "evasão à detenção administrativa" e "danos", que foi confiado à Polícia de Fronteiras, disse o MP de Metz, contactado pela AFP.

Dos 12 fugitivos, de nacionalidade argelina, marroquina e líbia, um foi recapturado na quarta-feira à noite pela polícia: estava ferido e encontra-se atualmente "sob observação" no hospital, disse o procurador-geral adjunto, Thomas Bernard.

Fugitivas usaram gancho caseiro e escalaram vedação

Mais nenhum foi preso de momento e estão a decorrer "observações" e "exploração de vídeos" nesse sentido.

Segundo informações do diário regional Le Républicain Lorrain e da RMC, os eventos ocorreram na quarta-feira à noite entre o jantar e a chamada. Os fugitivos usaram um gancho caseiro para abrir um portão antes de escalar uma vedação.

Contactada pela AFP, a Polícia de Fronteiras não reagiu imediatamente.

O centro de detenção administrativa de Metz-Queuleu, situado ao lado da prisão, tem uma capacidade de 98 pessoas. Estas unidades são utilizadas para deter estrangeiros que, legalmente, não têm o direito de permanecer em território francês.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas