Escolha as suas informações

França. Apanhados com 13 quilos de tabaco comprados no Luxemburgo
Mundo 15.10.2020

França. Apanhados com 13 quilos de tabaco comprados no Luxemburgo

França. Apanhados com 13 quilos de tabaco comprados no Luxemburgo

@Gendarmerie de Meurth-et-Moselle
Mundo 15.10.2020

França. Apanhados com 13 quilos de tabaco comprados no Luxemburgo

Redação
Redação
Dois jovens regressavam à região de Paris com 41 volumes e 13 baldes de tabaco na bagageira quando foram mandados parar pela polícia na A4 em Meurthe-et-Moselle.

A nova lei francesa autoriza apenas a compra de um pacote de tabaco, com 10 maços, no Luxemburgo, mas continua a haver continue a passar a fronteira para comprar os cigarros mais baratos até encher a bagageira do automóvel.

Foi o que fizeram dois jovens da região parisiense que viajaram até ao Grão-Ducado para adquirir 41 pacotes de tabaco e 13 baldes de tabaco de enrolar. Ao todo, 13 quilos de tabaco, o máximo que coube na bagageira. Depois de tudo arrumado e fechado nesta parte traseira da viatura, longe dos olhares da polícia, os dois jovens fizeram à estrada para regressar à capital francesa.


França reduz a um volume a compra de tabaco no Luxemburgo
Só no ano passado, os impostos sobre o tabaco renderam cerca de 775 milhões de euros aos cofres do Grão-Ducado. 80% dos cigarros foram exportados.

Só que foram apanhados na A4 em direção à região de Paris pelo Grupo Local de Controlo de Tráfego (GLCF, sigla original) de Mars La Tour, no departamento de Meurthe-et-Moselle.

Uma apreensão que teve direito a notícia com humor na página do Facebook da polícia de Meurthe-et-Moselle, ilustrada com fotos dos 13 quilos de tabaco que os dois homens levavam para a região francesa. 

“Fumar mata… e custa caro”, escreveram os agentes policiais na publicação onde relataram a apreensão da mercadoria, o processo aduaneiro ativado e a respetiva multa elevada.  “Ambos os indivíduos voltaram para a região parisiense sem a carga... vão receber uma grande ‘conta’”, frisa a polícia francesa.   


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.