Escolha as suas informações

Fotogaleria. O terror de Auschwitz pelos olhos das crianças

Fotogaleria. O terror de Auschwitz pelos olhos das crianças

Fotogaleria. O terror de Auschwitz pelos olhos das crianças

Fotogaleria. O terror de Auschwitz pelos olhos das crianças


27.01.2020

Entre os 1.300.000 prisioneiros que deram entrada em Auschwitz, 232.000 tinham menos de 18 anos. Através dos desenhos das crianças, a artista Michal Rovner recriou no Museu Estatal Auschwitz-Birkenau o terror que elas viveram de perto, pelo ponto de vista dos mais pequenos.

Durante o Holocausto, mais de 1,5 milhões de crianças judias foram assassinadas. Nas paredes de um barracão do campo de concentração de Auschwitz, onde as crianças ficavam alojadas, estão agora réplicas dos seus desenhos que sobreviveram a este período de terror.


Auschwitz Oswiciem ©Christophe Olinger 17-20 janvier 2020
Mapa interativo de Auschwitz. Conheça o campo dos horrores
Faz hoje 75 anos desde a libertação do maior campo de concentração nazi, onde foram assassinadas mais de um milhão de pessoas.

"Em Auschwitz-Birkenau já estamos no 'território do assassinato' e eu queria criar um espaço que refletisse as próprias crianças", explica Michal Rovner no site da exposição. 

Durante mais de um ano, Rovner estudou os desenhos feitos pelas crianças que foram descobertos após a libertação do campo de concentração de Auschwitz, há precisamente 75 anos. Esses desenhos foram guardados em arquivos. "Acho que nenhum artista consegue produzir um trabalho melhor sobre as crianças durante o Holocausto do que aquele que as próprias crianças já tinham criado", diz a artista israelita. "E eu queria que as suas vozes fossem ouvidas".

 Depois de reunidos e selecionados alguns desenhos, Rovner decalcou-os com um lápis de carvão nas paredes, de forma a ficarem o mais parecidos com os originais. "Apenas muito poucas foram capazes de documentar o essencial a que conseguiram agarrar-se: o seu ponto de vista. É o que está expresso nos seus desenhos", diz. "Numa situação em que não tinham escolha, diante de um pedaço de papel, encontravam uma certa liberdade para se expressar e para ver a realidade". 

A exposição com os desenhos das crianças, intitulada "Traces of Life", faz parte da exposição permanente "Shoah", e está patente no Museu Estatal Auschwitz-Birkenau, desde 2013.